Negociar ou não negociar? Flamengo vive dilema com duas grandes promessas

Por Raísa Simplicio 

Depois de um longo período com problemas para revelar grandes nomes, o Flamengo vive um momento interessante. O clube, que vem investindo em melhorias na estrutura da base, vendeu recentemente o lateral-esquerdo Jorge, titular da equipe, por um valor recorde vê outros dois atletas criados no Ninho do Urubu se tornarem o centro das atenções no mercado europeu.

Aos 20 anos, Felipe Vizeu começa a escrever sua história como profissal e anima diretoria e torcida do clube. Seu bom porte físico e posicionamento na área chamou à atenção durante a Copa São Paulo do ano passado e fez com que o jovem atacante "atropelasse" Douglas Baggio, tido como a grande promessa no ataque Rubro-Negro.

Sem muito alarde, Vizeu assumiu o papel de goleador do sub-20 e rapidamente foi aproveitado entre os profissionais, não decepcionou tendo, inclusive, média superior ao do consagrado Paolo Guerrero em vários momentos da última temporada. 

Felipe Vizeu Resende Flamengo Carioca 18032017


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Suas boas atuações renderam interesse de vários clubes, como a Juventus que enviou um olheiro para observar o atacante no Sul-Americano sub-20, onde esteve defendendo a Seleção Brasileira. Alemães e ingleses também já demonstraram interesse no jogador Rubro-Negro.

Se Vizeu está cobiçado, Vinicius Júnior é a nova jóia do momento. O garoto de 16 anos estampa frequentemente capa de jornais na Espanha que alertam para uma briga entre ninguém menos que Real Madrid e Barcelona por sua contratação.

Vinicius é considerado o jogador mais talentoso de uma geração que chegou a ficar três anos sem vencer uma partida. Foi o grande destaque do Rubro-Negro na Copa São Paulo desde ano atuando contra jogadores até três anos mais velhos e encantou a todos no Sul-Americano sub-17 onde foi artilheiro da Canarinho e eleito o melhor jogador da competição conquistada pelo Brasil.

Vinicius Junior Brasil

Hoje, a multa rescisória de Vinicius Júnior é de 30 milhões de euros, valor bastante alto para um atleta de apenas 16 anos que sequer fez uma partida como profissional. Mas apesar disso, não será nada fácil para o Flamengo manter o jovem atacante.

A discussão sobre se esforçar para manter ou vender suas promessas assim que tiver uma boa oportunidade gera opiniões controversas. A cada ano que passa, fica mais díficil segurar os meninos que saem cada vez mais cedo do país e muitas vezes sequer conseguem estrear como profissional por seus clubes reveladores.

O Flamengo vive hoje esse dilema assim como os próprios atletas. No caso de Vizeu, por exemplo, apesar de mostrar dentro de campo o grande potencial que tem, viu o Rubro-Negro contratar Leandro Damião que acabou se tornando o reserva imediato de Paolo Guerrero. 

Fernandinho Leandro Damião Vitória Flamengo Brasileirão 10092016


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Em diversas oportunidades ficou de fora de jogos ou deixou de entrar enquanto Damião ganhava chances. Para se ter uma ideia, aos 18, Gabriel Jesus foi titular do Palmeiras na conquista do Campeonato Brasileiro do ano passado o que o credenciou a ganhar uma oportunidade com o técnico Tite. 

A pergunta mais correta no momento não é quando Vizeu será vendido e sim se ele em um curto espaço de tempo terá a oportunidade de assumir mais responsabilidades no Flamengo e consequentemente amadurecer mais rápido?

No caso de Vinicius a discussão é ainda mais ampla, quantos novos craques não surgiram aos 16 e acabaram aos 18 ou até mesmo antes disso? Para quem vem de uma família mais humildade, toda cobiça, dinheiro envolvido e possibilidades de um futuro melhor pesam na balança do jogador que precisa ter bastante estrutura familiar para segurar a onda e tomar a decisão correta na sua carreira.

Vinicius Junior


(Foto: Staff Images / Flamengo / Divulgação)

Neymar, no Santos, soube esperar o momento certo para ele, saiu consagrado, campeão, bastante rodada e já milionário. Ele não precisou se transferir para a Europa para fazer dinheiro, se foi, foi pelo nível dos campeonatos. Mas teve do clube uma estrutura montada o condicionando a isso. Será que Vinicius terá algo parecido no Flamengo?

Tanto Vinicius, quanto Vizeu parecem ter pessoas competentes por trás de suas carreiras e é exatamente por isso que a permanência ou não vai depender bastante do que o clube tem planejado para os dois. 

GOAL

LEIA MAIS:
Pirlo é tietado por Jesus | Os 25 estádios com mais torcedores na Europa | Os artilheiros e garçons da Premier League

GOAL

Para o Rubro-Negro, como um clube que viveu seu auge com uma geração formada em casa, para uma torcida que gosta de se gabar que "Craque o Flamengo faz em casa" ter esses dois jogadores por um longo período é excelente, mas para que seja de fato efetivo é necessário um projeto de carreira e de exploração de imagem para que se forme não só dois craques, mas também dois ídolos.

Por enquanto, em relação ao Vizeu, pouco espaço para quem já mostrou que merece muito mais, aguardemos pelo o que acontecerá com Vinicius Júnior.