Negócio esquenta e partes envolvidas se animam com renovação de Rony no Palmeiras

·1 minuto de leitura


O Palmeiras vem negociando a renovação do contrato de Rony desde a última semana. Após uma primeira recusa por parte do estafe do atleta, os envolvidos voltaram a falar em tom de animação sobre as conversas e projetam um desfecho em breve.

>> Vai começar o Brasileirão 2021! Veja os palpites da redação do LANCE!
>> Confira a tabela da Libertadores e faça sua simulação

O primeiro entrave se deu porque o camisa 7 deseja uma progressão salarial, ou seja, receber aumentos sucessivos ao longo do tempo de contrato. Todavia, a primeira proposta oferecida pelo clube previa um aumento no salário com um valor fixo para os anos seguintes.

Segundo apurou o NOSSO PALESTRA/LANCE!, o Palmeiras é quem deve ceder nesta condição para encaminhar o acordo. Afinal, o estafe do jogador é irredutível quanto a isso e já alertou que Rony não assinará caso não seja atendido. As conversas, no entanto, sempre foram em tom amistoso e o negócio jamais esteve perto de ser ameaçado.

Enxerga-se internamente que o atacante merece um projeto ambicioso e de longo prazo dentro do clube. Além disso, o novo contrato prevê uma elevação da multa rescisória para se resguardar em caso de investidas do exterior pelo camisa 7, uma vez que ele vive grande fase. Na atual temporada, Rony é o artilheiro da equipe com seis gols e conta também com quatro assistências.

Enquanto negocia com o ponta, o Verdão já iniciou a preparação para a partida desta quinta-feira (27) contra o Universitario-PER no Allianz Parque, pela última rodada da fase de grupos da competição.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos