NBA adia cinco jogos por casos de covid-19 nos Spurs

·2 minuto de leitura
A NBA adotou novas medidas de combate à covid-19

A Liga Americana de Basquete (NBA) anunciou nesta terça-feira o adiamento de mais três partidas do San Antonio Spurs, que tem quatro jogadores infectados com o coronavírus, além de dois compromissos do Charlotte Hornets, último adversário da equipe do Texas.

Além disso, a NBA também suspendeu o duelo que o Dallas Mavericks e o Detroit Pistons deveriam disputar na quarta-feira, por conta da onda de frio no estado do Texas que levou ao fechamento do local do confronto.

Em relação ao surto de covid-19 no Spurs, que já havia provocado adiamento do encontro com o Pistons desta terça, a liga confirmou que até o momento quatro jogadores da equipe texana testaram positivo para o vírus e que o rastreamento de contato ainda está em andamento.

Sem esses quatro atletas, que não foram identificados, o time treinado pelo veterano Gregg Popovich (que ocupa a sexta posição na Conferência Oeste) não tem o mínimo de oito disponíveis para participar dos compromissos da tabela da competição. Por isso foram adiadas suas partidas marcadas para a quarta-feira contra o Cleveland Cavaliers, no sábado com o New York Knicks e na segunda-feira diante do Indiana Pacers.

De acordo com o protocolo de prevenção à covid-19 da NBA, qualquer pessoa com teste positivo, ou que tenha estado em contato com uma pessoa infectada, deve entrar em quarentena imediatamente.

No caso dos Hornets (7º classificado na Conferência Leste), que enfrentou o Spurs no último domingo, a NBA adiou seus jogos de quarta, contra o Chicago Bulls, e sexta, com o Denver Nuggets, por prevenção.

Com essa alteração no calendário da competição, os Nuggets vão antecipar para sexta-feira o confronto o Cleveland Cavaliers, que estava prevista para segunda metade da temporada.

Os casos de coronavírus no Spurs foram diagnosticados algumas semanas depois que a NBA e a Associação de Jogadores reforçaram seus protocolos de prevenção.

Essas novas medidas incluem a ordem para que os jogadores e membros das comissões técnicas permaneçam em casa durante todo o tempo em que a equipe estiver em sua cidade natal, exceto para treinamento e outras atividades da franquia, além de exercícios ao ar livre ou tarefas essenciais.

Até agora, a NBA adiou 30 jogos por causa do coronavírus desde o início da temporada em 22 de dezembro.

gbv/ol/lca