NASCAR: Dois membros da Stewart-Haas testam positivo para Covid-19

Jim Utter
motorsport.com

A NASCAR foi uma das primeiras categorias de relevância a voltar após o período de suspensão do calendário, ocasionado pela pandemia do novo coronavírus. A primeira etapa foi realizada em Darlington, no dia 17 de maio. Além disso, as equipes puderam voltar ao trabalho algumas semanas antes, tendo que seguir uma série de protocolos de segurança.

Mas mesmo assim, a Stewart-Haas Racing (SHR) confirmou nesta sexta-feira à noite que dois de seus funcionários da sede da equipe testaram positivo para a Covid-19.

Leia também:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Earnhardt Jr. lidera classe de 2021 do Hall da Fama da NASCARVÍDEO: Reddick confunde última volta com chegada e quase perde quarta posição em Miami

A SHR divulgou a seguinte declaração:

“A Stewart-Haas Racing teve dois resultados positivos nos testes de Covid-19, nenhum dos quais envolveu pessoas que viajam para eventos de corrida.”

"Grandes protocolos foram implementados e continuam a ser seguidos para diminuir a propagação do vírus, para manter a saúde e a segurança de todos os membros da organização e de uma comunidade maior."

Os casos são os primeiros anunciados publicamente entre membros de uma equipe da NASCAR. Antes disso, após o adiamento do fim de semana de Atlanta, em março, um funcionário da NASCAR que trabalhou na pista naquele evento também testou positivo.

A NASCAR realiza verificações de temperatura e exames médicos de todo o pessoal de pista em todas as corridas, mas não administra testes Covid-19.

Neste fim de semana, na etapa de Talladega, serão permitidas a presença de até cinco mil torcedores no oval do Alabama, ocupando arquibancadas e o infield.

Téo José revela papo com Silvio Santos que causou redução da cobertura da Indy

PODCAST: O que a F1 deveria aprender com as demais categorias para melhorar?

Your browser does not support the audio element.

Leia também