Narrador chama torcedores do Flamengo de 'duros' e 'favelados' e é repreendido por VP jurídico do clube

Rodrigo Dunshee quer um posicionamento da Band antes de processar o narrador (Divulgação Site)


O vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee Abranches, se manifestou nesta segunda-feira em defesa dos torcedores do Flamengo, que foram chamados de "duros" e "favelados" pelo narrador Sérgio Maurício, da TV Bandeirantes, durante a transmissão do Grande Prêmio de Barcelona da Fórmula 1. A declaração não foi ao ar, mas o vídeo dos bastidores vazou e circulou pelas redes sociais.

+ Veja aqui para quais times torcem os jornalistas esportivos

Na ocasião, Sérgio Maurício viu a bandeira do Botafogo no autódromo, se declarou ao Alvinegro e provocou os flamenguistas. Ele afirmou que os torcedores rubro-negros não possuem condições financeiras de acompanhar uma corrida de Fórmula 1.

- Para tudo que eu estou vendo uma bandeira do Botafogo ali, amigo. Para tudo, amigo! É miragem ou eu vi mesmo a bandeira do Botafogo. Aí meu coração arrebenta. Vá para o inferno. Vê se tem Flamenguista lá? Tudo duro e favelado - comentou o narrador.

Dunshee fez duras críticas ao narrador e afirmou que espera um posicionamento do Grupo Bandeirantes, antes de qualquer movimento jurídico por parte do clube.

- Inaceitável que um jornalista que vive do esporte trate a torcida do Flamengo de forma preconceituosa, deselegante e totalmente fora de padrão técnico e social. Antes de cogitar qualquer atuação jurídica, temos que esperar uma atuação da BandSports e da BandNews - escreveu Dunshee no Twitter.

Procurada pelo LANCE!, a emissora ainda não se posicionou sobre o assunto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos