Tênis: Osaka não resiste à pressão e é eliminada em Tóquio pela tcheca Vondrousova

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A tenista japonesa Naomi Osaka, número 2 do mundo, foi eliminada nas oitavas de final dos Jogos Olímpicos de Tóquio ao ser derrotada pela tcheca Marketa Vondrousova em dois sets, 6-1, 6-4, em apenas uma hora e 10 minutos de jogo.

Osaka, que foi escolhida para acender a pira olímpica dos Jogos de Tóquio durante a cerimônia de abertura, na última sexta-feira, tinha como objetivo dar ao Japão o primeiro ouro no tênis olímpico.

Contudo, Osaka não chegou para o desafio em suas melhores condições, já que ela voltou às quadras em Tóquio após mais de dois meses de ausência, desde que desistiu de Roland Garros - após vencer na primeira rodada - alegando problemas de saúde mental.

Osaka reconheceu após a partida "muita pressão" sobre ela nesses Jogos, já que é uma das principais atletas do país-sede. "Talvez porque foi minha primeira vez nas Olimpíadas, mas foi demais para mim".

"Obviamente estou decepcionada, como acontece depois de cada derrota, mas esta dói mais (...) Tenho a impressão que a minha atitude (em quadra) não foi muito boa porque não tenho conseguido enfrentar essa pressão", admitiu.

- Confiante no futuro -

Osaka, no entanto, tentou ver um lado positivo. "Estou satisfeita com a forma como joguei nessas partidas, levando em consideração que não competia há muito tempo", disse ela.

A estrela japonesa se mostrou otimista: "Ao longo da minha carreira já fiz longas pausas e sempre consegui voltar bem."

Em uma jornada marcada pela chuva, que obrigou a suspensão de todos os jogos do dia exceto os programados para a quadra central do Ariake Tennis Park, que possui teto retrátil, Osaka começou mal a partida, perdendo seus dois primeiros games de saque e, apesar de tentar uma reação, não conseguiu salvar o set.

Diante de uma jogadora sólida, experiente (N.42 do WTA e finalista de Roland Garros em 2019) e que cometeu poucos erros (10 contra 32 da japonesa), Osaka iniciou com um break o segundo set, mas perdeu a vantagem logo em seguida.

Com 5-4 a favor da tcheca, a quatro vezes ganhadora de Grand Slams salvou dois match points em seu próprio saque antes de sucumbir de vez, dando adeus ao sonho olímpico.

Vondrousova jogará nas quartas de final contra a espanhola espanhola Paula Badosa (N.29).

A chave feminina ficou sem suas duas principais aspirantes ao ouro, já que a atual número 1 do mundo, a australiana Ashleigh Barty, foi eliminada na estreia pela espanhola Sara Sorribes.

dep/mcd/am/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos