Naomi Osaka é multada após vitória e advertida sobre expulsão do Aberto da França

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Reuters) -A tenista japonesa Naomi Osaka foi multada em 15.000 dólares pelos organizadores de torneios de tênis Grand Slam neste domingo e alertada sobre a possível expulsão do Aberto da França e suspensão de futuros campeonatos após a número dois do mundo não participar de uma entrevista coletiva depois de vitória na primeira rodada de Roland Garros.

A jovem de 23 anos, quatro vezes vencedora de Grand Slam, citou o impacto sobre o bem-estar mental dos jogadores por sua decisão de não dar coletivas de imprensa, dizendo que a natureza das perguntas dos jornalistas é como "chutar uma pessoa quando está para baixo".

Osaka começou sua campanha no Aberto da França com uma vitória sobre a romena Patricia Maria Tig por 6-4 7-6 (4) e então boicotou a entrevista coletiva pós-jogo, embora ela tenha dado uma entrevista na quadra imediatamente após a partida.

O conselho dos quatro Grand Slams disse em um comunicado neste domingo que os organizadores do Aberto da França pediram a Osaka para reconsiderar sua posição e tentou, sem sucesso, falar com ela para resolver o assunto.

"O Aberto da Austrália, Roland-Garros, Wimbledon e o Aberto dos Estados Unidos escreveram em conjunto para ela para verificar seu bem-estar e oferecer apoio, sublinhar seu compromisso com o bem-estar de todos os atletas e sugerir diálogo", diz o comunicado.

"Ela também foi lembrada de suas obrigações, das consequências de não cumpri-las e que as regras devem ser aplicadas igualmente a todos os jogadores."

"Naomi Osaka optou hoje por não honrar suas obrigações contratuais com a mídia. O árbitro de Roland-Garros, portanto, emitiu uma multa de 15.000 dólares para ela."

A equipe responsável por Osaka não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

A japonesa, que mora na Flórida, nunca passou da terceira rodada em Roland Garros e chegou a Paris com apenas três disputas no saibro, após derrotas iniciais em Madri e Roma.

Osaka, que de acordo com o site de negócios esportivos Sportico ganhou 55,2 milhões de dólares nos últimos 12 meses, já usou sua plataforma e considerável atenção da mídia para destacar questões de violência policial e desigualdade racial.

Ao anunciar sua decisão no Twitter de boicotar coletivas de imprensa, ela disse que esperava que a "quantia considerável" que calculava perder como multas fosse destinada a uma instituição de caridade de saúde mental.

Rafa Nadal, 20 vezes vencedor do Grand Slam, e a número um do mundo feminino, Ash Barty, disseram acreditar que os jogadores têm o dever de falar com a mídia.

O sete vezes campeão de singles do Grand Slam, Mats Wilander, disse no domingo que Osaka não deve jogar torneios de tênis até que esteja pronta para participar das coletivas de imprensa pós-jogo.

"Avisamos Naomi Osaka que se ela continuar a ignorar suas obrigações com a mídia durante o torneio, ela estará se expondo a possíveis consequências de violação do Código de Conduta", disse o conselho.

"Como era de se esperar, as violações repetidas atraem sanções mais duras, incluindo o default do torneio ... e o início de uma grande investigação de ofensa que pode levar a multas mais substanciais e futuras suspensões do Grand Slam."

Osaka não deu sinais de estar distraída com o assunto durante sua partida de abertura em uma quadra ensolarada de Philippe Chatrier, no entanto.

Questionada em sua entrevista na quadra sobre como ela adapta seu jogo à superfície, Osaka disse: "é um trabalho em progresso. Espero que quanto mais eu jogo, melhor eu jogo".

"Estou muito feliz por ter vencido. É uma quadra linda. Só joguei duas partidas aqui (no Philippe Chatrier), uma antes do telhado e outra agora, então espero continuar assim."

Osaka, de 23 anos, que perdeu o torneio do ano passado devido a um problema no tendão da coxa, não estava interessada em se engajar em ralis longos e pareceu muito poderosa contra Tig, 63º colocada.

(Reportagem de Julien Pretot e Sudipto Ganguly em Berhampore, Índia)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos