Nantes vence Nice (1-0) e conquista sua quarta Copa da França

O Nantes conquistou sua quarta Copa da França ao derrotar o Nice por 1 a 0 neste sábado na final disputada no Stade de France, em Saint-Denis, na periferia norte de Paris.

O único gol do jogo foi marcado por Ludovic Blas, que converteu um pênalti aos 47 minutos. Assim, ele deu ao Nantes seu quarto troféu da 'Coupe', depois dos conquistados em 1979, 1999 e 2000, e seu primeiro título desde o liga francesa que o clube venceu em 2001.

"Nem nos meus sonhos mais loucos eu poderia imaginar isso, estar no Nantes e levantar um troféu. Quero agradecer a todos que trabalham no clube diariamente e principalmente aos jogadores. Obrigado a esses jogadores, que foram maravilhosos, excepcionais", comemorou Kombouaré.

Graças ao título conquistado neste sábado, o Nantes, atual nono colocado na classificação da Ligue 1, consegue uma vaga na fase de grupos da Liga Europa 2022-2023.

O Nantes não jogava em competições europeias desde 2004, com uma curta participação na Copa Intertoto, torneio que não existe mais.

O título recompensa o trabalho do técnico Antoine Kombouaré, jogador do time entre 1983 e 1990, que assumiu o comando da equipe na temporada passada, quando estava à beira do rebaixamento.

Já o Nice sofreu uma grande decepção, numa final à qual chegou como favorito.

A equipe do sul da França falhou em sua tentativa de dar ao proprietário britânico Ineos seu primeiro título desde a aquisição do clube em 2019.

"Há uma decepção. Quando se chega à final, para tentar conquistar este magnífico troféu, a gente faz tudo para tentar vencer", admitiu o treinador do Nice, Christophe Galtier.

"É uma decepção muito grande, mas no jogo como um todo temos que parabenizar o Nantes, que fechou todos os espaços que procurávamos", acrescentou.

"Não jogamos muito bem na final, mas temos a possibilidade de conseguir uma vaga europeia no campeonato. Vamos fazer de tudo por isso", prometeu Galtier.

Na Ligue 1, o Nice está em sexto lugar, no momento em que restam três jogos para o fim.

A final deste sábado foi a primeira da Copa da França desde 2014 em que o Paris Saint-Germain, que havia vencido as duas edições anteriores, não esteve presente.

ah-eba/hpa/dr/dam/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos