Naming rights da Copa do Brasil são comprados por casa de apostas esportivas

Taça da Copa do Brasil no Rio de Janeiro (Avocado Mídia/Copa do Brasil)


Nesta terça-feira (6), um acordo entre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a casa de apostas esportivas Betano foi anunciado onde a referida empresa adquiriu os naming rights para batizar a Copa do Brasil 2023. Detalhes como tempo de contrato e valor da aquisição não foram oficialmente divulgados.

Além da exposição referente a compra dos direitos para batizar a milionária competição que dá vaga na Libertadores 2024, haverão outras ativações durante o torneio entre banners, premiações para atletas e uma organização especial de eventos voltados para a decisão, prevista para ocorrer no dia 22 de setembro do próximo ano.

>Atacante Gabriel Jesus passa por cirurgia e para por cerca de três meses

Segundo apontou Alexandre Fonseca, Country Manager da Betano no Brasil, a oportunidade da companhia em dar o nome ao torneio agora chamado de "Copa Betano do Brasil" é uma celebração ao que é considerado como o DNA da empresa:

- O esporte, especialmente o futebol, está no DNA da Betano e poder promover um dos campeonatos mais tradicionais e relevantes do Brasil é um marco para a nossa história, além de refletir a solidez e confiança que possuímos no mercado de apostas esportivas.

Sócio da Brax, agência comercial responsável por negociar os direitos da Copa do Brasil, Bruno Rodrigues entende que o acordo representa uma movimentação que gera forte expectativa em relação ao alcance das iniciativas programadas para ocorrer ao longo do vínculo:

- Estamos muito felizes com mais um gol de placa marcado junto à Betano. O naming rights da Copa Betano do Brasil, a competição mais democrática e abrangente do país, está muito bem representado. Nossa expectativa é a melhor possível quanto às grandes perspectivas de ativação que podemos desenvolver em parceria com um dos maiores players do segmento de betting do mercado mundial.