Nadal vence Ruud em noite histórica no Mineirinho

Washington Alves


Uma noite de sábado mágica para os amantes do tênis em Belo Horizonte e do Brasil. Depois de cinco anos, Rafael Nadal, o maior campeão de Grand Slams da história, com 22 títulos, voltou ao país e produziu um dia histórico para cerca de 10 mil pessoas na reabertura do Ginásio do Mineirinho.


O espanhol , campeão do Australian Open e de Roland Garros deste ano, derrotou Casper Ruud, vice-campeão em Paris e no US Open, por 2 sets a 0 com parciais de 7/6 (7/4) 7/5 em jogo muito disputado. O norueguês começou com tudo, disposto a vencer Rafa pela primeira vez na carreira e consolidar a revanche da final do Aberto da França. Ele abriu 3 a 0, mas o natural de Manacor entrou na partida e contou com o apoio da fanática torcida para empatar e vencer no tie-break. No segundo a quebra veio no 12º e último game com um smash para definir o duelo.

Ao término do encontro, Nadal recebeu uma homenagem em quadra do MundoTênis e da Fênix e comentou o quanto jogar no Brasil lhe traz sorte. Ele venceu seu segundo torneio na carreira na Costa do Sauípe (BA) em 2005, em São Paulo em 2013, o Rio Open em 2014 e ainda ganhou o Ouro Olímpico nas duplas no Rio de Janeiro em 2016.

"O Brasil é um país muito importante na minha vida esportiva. Meu segundo torneio profissional ganhei aqui, na Costa do Sauípe. Já joguei em São Paulo, no Rio e agora tive a oportunidade de jogar em Belo Horizonte. Foi uma noite muito especial aqui e espero poder voltar outras vezes", disse Nadal.