Nadal vence Fognini e joga quinta final do Masters 1000 de Miami

O espanhol Rafael Nadal durante partida contra o americano Sam Querrey, em Acapulco, dia 4 de março de 2017

O espanhol Rafael Nadal superou o italiano Fabio Fognini por dois sets a zero, nesta sexta-feira, e garantiu vaga para a final do Masters 1000 de Miami pela quinta vez na carreira, em busca do primeiro título no torneio.

Nadal venceu com parciais de 6-1 e 7-5 e espera o resultado do confronto entre o suíço Roger Federer e o australiano Nick Kyrgios para saber quem será o desafiante na decisão de domingo.

"Acho que hoje eu saquei muito bem. Está claro que não joguei bem o segundo set e cometi alguns erros, estava ventando muito, mas no geral acho que foi um bom jogo para mim", falou Nadal na coletiva de imprensa.

Quanto ao próximo rival, o espanhol falou que "independente de qual dos dois, tenho que me preparar positivamente e concentrar em mim, no eu que tenho que fazer".

O espanhol não teve dificuldades e fechou o primeiro set em apenas 25 minutos. O segundo foi mais complicado, mas Rafa finalmente conseguiu quebrar o saque do rival, no 11º game, e fechou a partida com um saque muito eficiente.

Nadal conseguiu seis aces no primeiro serviço, com 83% de aproveitamento, contra 72% do adversário.

Além disso, o espanhol também quebrou três vezes o saque do italiano, que nas quartas de final superou o japonês Kei Nishikori, mas que na semifinal perdeu 38 bolas por erros não forçados.

Nadal mantém o bom retrospecto contra Fognini, agora com um balanço de oito vitórias e quatro derrotas.

O espanhol busca o primeiro título em Miami, que seria o 70º de sua carreira. Nadal joga um grande tênis em 2017 e chegou à terceira decisão do ano, mas ainda não levou troféus para casa.

Nadal perdeu a final do Aberto da Austrália para Federer e foi superado pelo americano Sam Querrey na decisão do Torneio de Acapulco.