Nadal vence Carreño e Schwartzman se classifica para o Finals em Londres

·2 minuto de leitura
O tenista argentino Diego Schwartzman no torneio Masters 1000 de Paris
O tenista argentino Diego Schwartzman no torneio Masters 1000 de Paris

O espanhol Rafael Nadal (número 2 do mundo) derrotou seu compatriota Pablo Carreño nas quartas de final do torneio Paris-Bercy (Masters 1000 de Paris), resultado que classificou automaticamente o argentino Diego Schwartzman para o Finals, competição que reúne os oito melhores tenistas do ano e que será disputado em Londres, a partir de 15 de novembro. 

Schwartzman (9º) havia perdido para o russo Daniil Medvedev (nº 5) por 6-3 e 6-1, então precisava que Carreño não chegasse ao título em Bercy para se classificar para o Finals pela primeira vez. 

Poucas horas depois, o argentino alcançou o objetivo, embora não sem sofrimento, já que Carreño levou o set e só desmoronou quando Nadal empatou depois de um segundo set muito equilibrado. 

Com a vitória por 4-6, 7-5 e 6-1, Nadal chegará às semifinais de um dos poucos torneios que ainda não conquistou e enfrentará na semifinal o alemão Alexander Zverev, que derrotou por 6 -3 e 7-6 (7/1)  o suíço Stan Wawrinka. 

Medvedev, por sua vez, chega pela primeira vez às semifinais do torneio em quadra coberta de Paris, e tem como adversário neste sábado o canadense Milos Raonic (17º), que  superou o francês Ugo Humbert (34º) por 6-3, 3-6 e 7-6 (9/7). 

Os oito tenistas que vão disputar o Finals em Londres: Novak Djokovic, Rafael Nadal, Dominic Thiem, Daniil Medvedev, Stefanos Tsitsipas, Alexander Zverev, Andrey Rublev e Diego Schwartzman. 

Em meio a condições delicadas devido à pandemia, com o torneio disputado a portas fechadas, o Masters 1000 fez um reajuste considerável de seus prêmios. 

Assim, o vencedor de 2020 levará apenas 20% da soma recebida por Novak Djokovic há um ano (225.210 euros / 262.000 dólares contra cerca de um milhão de euros).

-- Resultados dol Masters 1000 de Paris:

- Simples masculino - Quartas de final:

Rafael Nadal (ESP/N.1) venceu Pablo Carreño-Busta (ESP/N.9) 4-6, 7-5, 6-1

Alexander Zverev (ALE/N.4) venceu Stanislas Wawrinka (SUI/N.12) 6-3, 7-6 (7/1)

Daniil Medvedev (RUS/N.3) venceu a Diego Schwartzman (ARG/N.6) 6-3, 6-1

Milos Raonic (CAN/N.10) venceu Ugo Humbert (FRA) 6-3, 3-6, 7-6 (9/7)

bds/iga/mcd/lca