Nadal salva quatro match-points e vence batalha de 3h emn Madri

Mutua Madrid Open
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Tudo parecia tranquilo para Rafael Nadal nesta quinta-feira, mas o espanhol perdeu match-points e passou sufoco para ir às quartas de final do Masters 1000 de Madri. Precisou salvar quatro match-points em um final de partida incrível.

Rafa, pentacampeão do torneio e quarto do mundo, passou pelo belga David Goffin, ex-top 10 e atual 60º colocado, por 2 sets a 1 com parciais de 6/3 5/7 7/6 (11/9) após 3h09min de duração, salvando quatro match-points.

O torneio é o de retorno do espanhol após um mês parado por uma fissura em uma das costelas. Ele soma sua 22ª vitória em 23 jogos no ano onde só perdeu na final de Indian Wells (jogou lesionado) e venceu o Australian Open, Melbourne e Acapulco.

Esta é a 1050ª vitória em sua carreira, 405ª em Masters 1000 e 466ª no piso de saibro. Nesta sexta ele pode ter Carlos Alcaraz como rival. Carlitos completa 19 anos nesta quinta e ainda enfrenta o britânico Cameron Norrie. Se o confronto se concretizar seria o terceiro entre eles. O primeiro foi vencido com facilidade por Rafa ano passado em Madri e na semi de Indian Wells os dois proporcionaram uma verdadeira batalha de mais de três horas em jogo onde Rafa se lesionou. Alcaraz já tem títulos no Rio Open, Masters de Miami e Barcelona na temporada.

O jogo

Nadal teve problemas no começo de jogo precisando salvar break-point, mas quebrou em seguida para fazer 6/3. No segundo abriu uma quebra e sustentou até o fim fechando no saque. Ele teve ainda match-point no 5 a 3 e saque de Goffin, mas desperdiçou e teve outro sacando em 5 a 4. Goffin salvou, devolveu a quebra e virou para 6 a 5 e fechou o set com quebra em 7/5.

Após uma ida ao vestiário no intervalo de set, Nadal retornou e o terceiro set foi em alto nível com os dois confirmando com raras chances. O tie-break foi emocionante. Nadal abriu 4 a 1 com duas miniquebras e paerecia encaminhar a vitória, mas Goffin desandou a encaixar winners, dominar com a direita e virou para 6 a 4. Nadal então foi corajoso, salvou as duas chances e depois mais duas, sendo duas das quatro com curtinhas precisas de tirar o fôlego de Raul Gonzalez, craque da história do Real Madri, na arquibancada. Toni Nadal, que viu o jogo do pupilo Felix Aliassime na outra quadra e retornou para acompanhar o final de Rafa, também vibrava e ficava aflito igual Xisca Perello, sua esposa. Nadal então botou o forehand para andar e com erro do belga fechou o jogo de forma emocionante.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos