Ruud vence Fritz e vai às semifinais do ATP Finals; Nadal é eliminado

O tenista norueguês Casper Ruud venceu nesta terça-feira o americano Taylor Fritz e garantiu assim uma vaga nas semifinais do ATP Finals de Turim.

Ruud fechou o jogo em 2 sets a 1, com parciais de 6-3, 4-6 e 7-6 (8/6), em duas horas e 11 minutos de partida.

O outro semifinalista do Grupo Verde sairá do confronto de quinta-feira entre Fritz e o canadense Felix Auger-Aliassime, que mais cedo derrotou o espanhol Rafael Nadal, eliminado com duas derrotas em dois jogos.

Ruud, que este ano foi finalista de Roland Garros e do US Open, volta assim às semifinais do ATP Finals, depois de ter sido derrotado no ano passado em sua primeira participação no torneio pelo russo Daniil Medvedev.

Nesta terça, ele aproveitou as dificuldades de Fritz para entrar no jogo conseguiu uma quebra logo no primeiro game de saque do americano, mantendo a vantagem até o final do primeiro set.

Mas Fritz, que está disputando pela primeira vez o torneio, teve tempo de se recuperar na partida e empatar a disputa, num segundo set em que o norueguês abusou dos erros não forçados.

No terceiro set, os dois jogadores duelaram até o 'tie break', que terminou com a vitória de Ruud em seu terceiro 'match point'.

Antes, Nadal tinha sido derrotado por Auger-Aliassime e ficado à beira da eliminação, confirmada com a vitória de Ruud sobre Fritz no primeiro set.

O canadense fechou o jogo em 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 6-4, em uma hora e 57 minutos de partida.

Vencido no domingo por Fritz em sua estreia, também em dois sets, o espanhol dá adeus ao ATP Finals, o único troféu importante que falta em sua extensa galeria de títulos.

Campeão de dois Grand Slams na temporada (Aberto da Austrália e Roland Garros), Nadal tem se mostrado frágil neste final de 2022.

Contra Auger-Aliassime, ele teve cinco 'break points' e não conseguiu aproveitar nenhum, salvando apenas dois dos quatro que concedeu ao canadense.

Sem conseguir encaixar o primeiro saque, Auger-Aliassime ficou sob pressão no primeiro set: teve que salvar dois 'breaks' no primeiro game e outros dois quando o placar estava empatado em 3-3.

No oitavo game, quando dominava por 40-0, Nadal não conseguiu confirmar seu serviço e concedeu a primeira quebra da partida. Em seguida, o canadense sacou para fechar em 6-3.

No segundo set, quando sacava com 40-15 a favor em 1-1, Nadal novamente teve seu serviço quebrado e Auger-Aliassime manteve esta vantagem até o final, recuperando a confiança em seu saque (15 'aces' no jogo).

Esta foi a primeira vitória do canadense em seu terceiro confronto com Nadal, que por sua vez sofre sua quarta derrota consecutiva, o que não acontecia desde novembro de 2009.

A eliminação de Nadal garante ao também espanhol Carlos Alcaraz terminar a temporada como número 1 do mundo.

Aos 19 anos, Alcaraz já tinha se tornado o tenista mais jovem da história a alcançar o topo do ranking da ATP (desde 1973), depois de conquistar o US Open em setembro.

Agora, ele também passa a ser o mais jovem a terminar a temporada como o melhor tenista do mundo. Além disso, é o primeiro a conseguir o feito sem ser um dos integrantes do chamado 'Big 4' (Roger Federer, Rafael Nadal, Novak Djokovic e Andy Murray) desde Andy Roddick, em 2003.

ig/hpa/gh/psr/cb