Nadal domina Vinolas e leva Monte Carlo pela décima vez

Rafael Nadal adicionou mais um título do Masters 1000 de Monte Carlo em sua coleção. Neste domingo, o espanhol ganhou pela décima vez o torneio que é realizado em Mônaco, no saibro, ao bater o compatriota Albert Ramos Vinolas sem maiores problemas: 6/1 e 6/3 foram as parciais que fecharam o duelo em 2 sets a 0, com pouco mais de 1 hora e 17 minutos de disputa.

Se já era o maior vencedor da história de Monte Carlo mesmo antes deste domingo, o Rei do Saibro agora ostenta um recorde ainda maior com suas dez conquistas, o máximo que qualquer tenista já conseguiu de títulos em um mesmo torneio de Masters 1000.

Na quadra, a consistência mostrada por Nadal não foi muito diferente da que foi vista em outros duelos da campanha, como na semifinal diante do complicado adversário David Goffin, que foi facilmente derrotado. Vinolas, apesar do embalo por ter eliminado um favorito como Andy Murray na competição, acabou sendo mais uma presa do Toro Miúra, no terreno que é sua grande especialidade.

O primeiro set começou com Vinolas sendo quebrado no quarto game, fato que desestabilizou seu ritmo. Nadal, por outro lado, foi firme em seus serviços e confirmou todos na primeira parcial, vencendo novamente o saque do rival no sexto game para na sequência fechar com facilidade o período inicial da partida.

No set seguinte, Vinolas tentou resistir e iniciou a parcial com mais ímpeto, mas não conseguiu evitar ser quebrado mais duas vezes por Nadal, mais afinado na decisão e novamente implacável em seus saques. Após ver dois de seus match points serem salvos, o agora decacampeão de Monte Carlo finalmente executou o ponto decisivo no nono game e cravou o título.

É o primeira conquista de Nadal na temporada 2017, pouco antes da realização do Grand Slam que o espanhol também é recordista em títulos, com nove: Roland Garros.