Nadal, Djokovic e Federer caem no mesmo lado da chave em Roland Garros

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
(esq a dir.) O espanhol Rafael Nadal, em Roland Garros, no dia 9 de outubro de 2020; o suíço Roger Federer, em Roland Garros, em 7 de junho de 2019; e o sérvio Novak Djokovic, em Roland Garros, no dia 5 de outubro de 2020
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Rafael Nadal, atual campeão e em busca de seu 14º título no saibro parisiense, Novak Djokovic e Roger Federer caíram na mesma metade da tabela de Roland Garros, de acordo com o sorteio realizado nesta quinta-feira.

Esta configuração foi possibilitada pelo fato de Nadal, número 3 do mundo, não estar localizado no canto inferior da tabela, enquanto Djokovic, nº 1 e primeiro cabeça-de-chave, está localizado na parte superior do emparelhamento.

Desta forma, Nadal e Djokovic, finalistas da edição de 2020, poderão se encontrar nas semifinais deste ano. Federer, que disputou apenas três jogos nos últimos 16 meses, é o oitavo cabeça-de-chave.

Na outra metade da tabela, uma teórica semifinal teria o russo Daniil Medvedev, que ainda não venceu uma única partida em suas quatro participações em Roland Garros, com o austríaco Dominic Thiem (nº 4), duas vezes finalista no saibro da capital francesa em 2018 e 2019, mas que não chega a esta edição na sua melhor forma.

Federer, que em breve fará 40 anos e pretende voltar ao mais alto nível após uma dupla cirurgia no joelho direito em 2020, fará sua estreia na primeira fase com um tenista vindo do quali. Se chegar às quartas de final, poderá enfrentar 'Djoko'.

O suíço, que compartilha o recorde de 20 títulos de Grand Slam com Nadal, disputou apenas três jogos desde seu retorno ao circuito no início de março; dois em Doha e um em Genebra, perdidos para o espanhol Pablo Andújar.

Djokovic, em busca do 19º 'major', fará sua estreia contra o americano Tennys Sandgren (66º), e Nadal contra o australiano Alexei Popyrin (62º).

O brasileiro Thiago Monteiro disputa seu primeiro jogo no torneio contra o canadense Milos Raonic.

es-ig/iga/psr/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos