Nadal diz que Djokovic conhecia os riscos mas "tomou suas próprias decisões"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Rafael Nadal, durante a partida contra o lituano Ricardas Berankis no torneio Melbourne Summer Set, em 6 de janeiro de 2022 na cidade australiana (AFP/Mike Frey)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Rafael Nadal, que não nutre uma simpatia especial por seu grande rival Novak Djokovic, disse nesta quinta-feira que o tenista sérvio deve arcar com as consequências de não ter sido vacinado contra o coronavírus.

O tenista número 1 do mundo foi barrado pela polícia alfandegária ao chegar à Austrália na quarta-feira, e seu visto foi cancelado por não cumprir os requisitos para a vacinação contra a covid para entrar no país.

Djokovic, que pode ser expulso do país, entrou com um recurso para ficar e jogar o Aberto da Austrália a partir de 17 de janeiro, onde ele e o espanhol aspiram a conquistar o 21º título de Grand Slam. Nadal contraiu a cobiça no mês passado e diz que a vacina é a melhor forma de conter uma pandemia que "já causou a morte de tantas pessoas".

Depois que o sérvio apelou de sua expulsão do país, o advogado do Estado Christopher Tran garantiu que a Austrália não planeja concluir a expulsão antes da audiência, prevista para segunda-feira (10).

Djokovic apresentou um recurso para poder ficar e disputar a partir do dia 17 de janeiro o Aberto da Austrália, onde tanto ele como o espanhol lutam para conquistar um 21º título do Grand Slam, o que seria um recorde.

Nadal contraiu o coronavírus no mês passado e diz que a vacina é a melhor forma de conter uma pandemia que "já causou a morte de tantas pessoas".

"Eu tive covid, fui vacinado duas vezes. Se isso for feito, você não terá nenhum problema em jogar aqui. Essa é a única coisa que está clara", disse ele em Melbourne, depois de vencer sua primeira partida individual no ATP Tour.

"Para mim, a única coisa clara é que, se você foi vacinado, pode jogar o Aberto da Austrália e em qualquer lugar, e na minha opinião o mundo já sofreu o suficiente para não seguir as regras", explicou Nadal.

Djokovic "tomou suas próprias decisões e todos são livres para fazê-lo, mas isso tem algumas consequências", acrescentou o tenista espanhol.

"Certamente não gosto desta situação e, de certa forma, sinto por ele", acrescentou.

Djokovic se recusa a explicar publicamente se foi vacinado ou não, mas já manifestou sua oposição em ser vacinado contra o coronavírus.

mp/dh/me/es/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos