Nadal comenta derrota da Argentina na Copa e aposta que país ainda é favorito

Corinne Dubreuil/ATP Tour


Fanático por futebol e torcedor do Real Madri, Rafael Nadal está de olho nos jogos da Copa do Mundo no Qatar e comentou sobre a derrota da Argentina para a Arábia Saudita por 2 a 1 na manhã de terça-feira.


O espanhol está em Buenos Aires onde disputa exibição contra Casper Ruud nesta quarta-feira: "Acredito que a seleção (de futebol argentina) teve uma trajetória triunfante até hoje, o positivismo e o estado de euforia foram importantes. Não sou muito de extremos, nem de muita euforia nem de tanto catastrofismo. Acho que o mundo não mudou de dez horas atrás para agora, eles só perderam um jogo e faltam mais dois. A equipe está preparada, com um grupo forte, com um técnico que montou um grupo unido, o mínimo que merece é confiança e respeito porque foi campeão da América e teve uma das melhores sequências positivas. Então, por que perder a confiança por um dia ? No esporte tudo pode acontecer. Continuo achando que a Argentina é uma clara candidata a ir longe", disse o tenista.

A Argentina ainda enfrenta México e Polônia e precisa de vitórias para se classificar às oitavas de final. A Espanha estreia nesta quarta contra a Costa Rica.