Nadal busca volta às vitórias após temporada de 2022 devastada por lesões

Rafael Nadal participa de partida de exibição na Cidade do México

(Reuters) - Rafael Nadal espera que jogar na United Cup lhe dê o impulso de confiança do qual precisa para defender seu título do Aberto da Austrália no mês que vem, após sofrer com lesões em 2022.

O jogador de 36 anos venceu os troféus do Aberto da Austrália e da França neste ano, para aumentar seu número de conquistas de Grand Slam para um recorde masculino de 22, mas precisou de injeções analgésicas no pé durante sua corrida para o título de Roland Garros, e depois teve que se retirar de sua semifinal em Wimbledon com uma lesão abdominal.

Depois de ganhar quatro títulos nos primeiros seis meses de 2022, foi um caso de mais dor do que glória para Nadal, desde que ergueu a Taça dos Mosqueteiros pela 14ª vez em junho.

"Meu principal objetivo agora é recuperar sentimentos positivos na quadra e ser competitivo, e espero fazer isso. Estou pronto para fazer isso, mas veremos", disse Nadal em entrevista coletiva nesta quarta-feira.

"Neste momento estou apenas focado em ter um nível competitivo... em jogar no mais alto nível possível e ser competitivo e lutar por tudo."

O espanhol também disse estar feliz com o retorno de seu principal rival, Novak Djokovic, 21 vezes campeão de Grand Slams.

Djokovic, nove vezes campeão em Melbourne Park, perdeu o slam de abertura da temporada deste ano, depois de ser deportado em janeiro por não cumprir os requisitos de vacinação contra a Covid-19 para visitantes do país.

"Djokovic estar aqui é bom para o tênis e para os torcedores. É sempre uma vitória ver o melhor em quadra", acrescentou Nadal.

(Reportagem de Angelica Medina na Cidade do México)