Nadador Thiago Pereira anuncia aposentadoria aos 31 anos

Um dos maiores nomes do esporte e da natação brasileira anunciou sua aposentadoria. Durante a realização do Prêmio Brasil Olímpico, o nadador Thiago Pereira, aos 31 anos, cravou que não voltará a competir.

“Estou me despedindo das piscinas, deixo hoje as competições, mas eu nunca deixo a natação, que será a minha vida para sempre. A natação me tornou a pessoa que eu sou. Deixo de competir, de ter o orgulho de representar o verde e amarelo por 20 anos”, disse Thiago, emocionando.

Em sua carreira, Thiago alcançou marcas expressivas. O atleta é o maior maior medalhista pan-americano de todos os tempos, tendo conquistado 23 medalhas no total, sendo 15 de ouro, quatro de prata e quatro de bronze. Além disso, é o maior medalhista brasileiro em competições internacionais.

Nos Jogos Olímpicos, Pereira conquistou a prata em Londres 2012 nos 400m medley. Havia a expectativa de Thiago disputar Tóquio 2020, mas não teve seu contrato renovado com o Minas Tênis Clube e recusou algumas propostas de outros clubes. Agora, o medalhista se dedicará a projetos pessoais.

“Fiquei pensando no que eu ia falar em um dia tão especial como hoje. Abri mão de muitas coisas, de sonhos. O esporte é uma carreira dura e difícil, mas me sinto completamente realizado, pois sei que o que fiz foi o meu melhor”, completou.

Thiago ainda conquistou medalhas importantes defendendo o Brasil. Em Mundiais, por exemplo, os triunfos também são extensos. Nas piscinas curtas, foi ouro nos 200m medley em Indianopolis 2004. Na mesma competição, mais uma prata nos 4×100m livres e dois bronzes, um nos 100m medley e outro nos 4×200m livre.

Já nos Mundiais de piscina longa, aos 29 anos, em Kazan 2015, o brasileiro foi medalhista de prata nos 200m medley. Já dois anos antes, em Barcelona, Thiago levou o bronze nos 200 e 400m medley.