Nadador Lochte diz que estará pronto para Jogos de Tóquio apesar de sua idade

AFP
O americano Ryan Lochte em 4 de março de 2020, antes de sua participação na prova de 400 metros livres no Centro Aquático Midamerican Energy no YMCA Wellmark em Des Moines, Iowa
O americano Ryan Lochte em 4 de março de 2020, antes de sua participação na prova de 400 metros livres no Centro Aquático Midamerican Energy no YMCA Wellmark em Des Moines, Iowa

A janela olímpica do nadador americano Ryan Lochte pode estar se fechando, mas o atleta de 35 anos garante que ele pode estar mais um ano em atividade depois que os Jogos de Tóquio-2020 foram adiados devido à pandemia do novo coronavírus.

"Fiquei um pouco zangado porque estava treinando e tenho me sentido ótimo", disse o 12 vezes medalhista olímpico ao Los Angeles Times na terça-feira.

"Esses Jogos Olímpicos seriam os mais importantes da minha carreira por tudo o que aconteceu no meu passado". "Mas tudo isso é muito maior que eu", acrescentou Lochte.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"É muito maior que as Olimpíadas, está afetando o mundo inteiro agora", afirmou.

Lochte ganhou a primeira de suas seis medalhas de ouro olímpicas como nadador de revezamento em Atenas-2004. Mais ouro vieram em Pequim-2008, Londres-2012 e Rio de Janeiro-2016.

O americano foi suspenso da natação por 10 meses após um escândalo no meio dos Jogos do Rio, quando foi descoberto que ele inventara uma história sobre um assalto durante um episódio de embriaguez na Cidade Maravilhosa.

Ele sofreu uma sanção adicional de 14 meses da Agência Antidoping dos Estados Unidos por tomar uma infusão intravenosa proibida de vitaminas em maio de 2018 e retornou no ano passado para dar início a sua última aventura olímpica depois de passar por um tratamento de abuso de álcool e começar uma família com sua esposa Kayla. O casal tem dois filhos.

"Ainda há muito mais coisa que quero alcançar neste esporte", afirmou. "Eu não vou deixar isso atrapalhar", garantiu ele.

Leia também