Nada de Jones! Glover Teixeira elege Khabib como o melhor lutador de MMA do mundo

Glover vê possível luta contra Smith como escada para se aproximar de chance por título
Glover vê possível luta contra Smith como escada para se aproximar de chance por título

O UFC, através de seu ranking, pode até considerar que Jon Jones ainda é o melhor lutador peso-por-peso do mundo, mas um de seus atletas discorda deste pensamento. Para Glover Teixeira – que já enfrentou o americano em 2014 –, Khabib Nurmagomedov, atual detentor do cinturão peso-leve (70 kg), já superou ‘Bones’ como principal atleta de MMA do planeta, independente da categoria.

Entre conquistas e reconquistas de título, Jones reina absoluto entre os meio-pesados (93 kg) há oito anos, e sua única derrota na carreira veio por desclassificação após aplicar um golpe ilegal em Matt Hamill, em dezembro de 2009. Apesar disso, em conversa com a imprensa no media day do UFC Canadá, Glover afirmou que enxerga Khabib, invicto nos 28 combates de sua carreira no MMA, como o melhor lutador do mundo. Para corroborar sua tese, o brasileiro relembrou a última defesa de cinturão do russo contra Dustin Poirier, no UFC 242.

“Eu acho que Jon Jones está lá em cima, com certeza. Mas após assistir a última luta de Khabib… Dustin Poirier, eu vi esse menino treinar, eu vi o quão bom ele é, e o jeito que (Nurmagomedov) dominou Dustin Poirier… Na minha cabeça, ele é definitivamente o número um peso-por-peso”, declarou Teixeira, antes de explicar as diferenças, em sua opinião, entre ‘Bones’ e ‘The Eagle’.

“Jon Jones tem mais defesas de título, mas ele não dominou os oponentes da forma que Khabib tem dominado, sabe? Khabib parece ser muita coisa, sabe o que eu quero dizer? Ele está bem acima. Ele é tipo um (nota) 10, e as pessoas que ele está lutando são (nota) sete”, concluiu o meio-pesado brasileiro, de acordo com o site ‘MMA Fighting’.

Vindo de duas vitórias consecutivas neste ano, sobre Karl Roberson e Ion Cutelaba, Glover Teixeira encara Nikita Krylov neste sábado (14), pelo co-main event do UFC Canadá. O mineiro – nono colocado no ranking dos meio-pesados – busca ampliar seu bom momento para credenciá-lo a uma nova disputa pelo cinturão da categoria.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também