Na volta de Neymar aos gramados, PSG abre 2 a 0, mas leva virada do Monaco pelo Francês

LANCE!
·2 minuto de leitura


A volta de Neymar aos gramados foi ofuscada por uma virada histórica do Monaco sobre o PSG. Nesta sexta-feira, fora de casa, os parisienses abriram 2 a 0 no primeiro tempo - com dois gols de Mbappé -, mas foram dominados pelo adversário e perderam por 3 a 2. Kevin Volland (2) e Fàbregas marcaram para os donos da casa. Com o resultado, o Monaco assumiu a vice-liderança do Francês e reduziu a vantagem do PSG para quatro pontos.

+ Confira a tabela do Campeonato Francês

LEI DO EX PRESENTE
Sem Neymar na equipe titular, coube a Mbappé ser a referência no ataque do PSG. E o jovem atacante não decepcionou. Após um início de jogo equilibrado, o francês foi lançado por Di María e abriu o placar para os visitantes, aos 24 minutos do primeiro tempo.

DE NOVO ELE
Atrás do placar, o Monaco teve chance de empatar a partida em falha de Kurzawa, mas desperdiçou. E foi castigado por isso. Aos 37, o brasileiro Rafinha foi derrubado na área por Fofana e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, Mbappé bateu firme e ampliou o marcador para o PSG.

HAT-TRICK... ANULADO
Não satisfeito com a vantagem, o PSG seguiu pressionando e balançou as redes mais duas vezes na etapa inicial, mas nenhuma das duas valeu. Primeiro, Moise Kean aproveitou recuo errado da defesa e marcou, mas o impedimento foi marcado pelo assistente. Em seguida, Mbappé recebeu passe de Diallo e tocou por cobertura para marcar seu terceiro. A principio validado, o gol foi anulado após revisão do VAR.

REAÇÃO MONEGASCA
Na volta do intervalo, o Monaco cresceu de produção com as entradas de Fàbregas e Caio Henrique e precisou de 19 minutos para chegar ao empate. Primeiro, aos seis, Kevin Volland aproveitou a sobra da bola na pequena área e descontou para os donos da casa. Em seguida, o atacante alemão recebeu passe de Fàbregas, marcou seu segundo gol e igualou o placar.

NEYMAR VOLTA, MAS...
Antes de o Monaco chegar ao empate, Thomas Tuchel promoveu a entrada de Neymar, após 23 dias afastado dos gramados. O craque brasileiro tentou criar algumas jogadas, mas sentiu a falta de ritmo e viu o Monaco chegar à virada no fim do jogo. Após lambança de Diallo, Volland sofreu pênalti e Fàbregas converteu a cobrança para virar o placar.