Na volta de Fábio, Cruzeiro conta com Dedé e Ábila para vencer o Democrata

THIAGO FERNANDES

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - O Cruzeiro venceu o Democrata, de Governador Valadares, na manhã deste domingo (9), por 2 a 0, pela 11ª rodada do Campeonato Mineiro. A partida que marcou o retorno de Fábio aos gramados contou também com gol de um atleta que ficou mais de um ano sem entrar em campo. Dedé fez o primeiro gol do jogo disputado no Mineirão. Ábila fez o segundo em cobrança de pênalti.

Com o resultado, os comandados de Mano Menezes chegam a 27 pontos, mesma pontuação do líder Atlético-MG. O time celeste, contudo, não pode passar o arquirrival devido aos critérios de desempate. O Democrata, por sua vez, termina o torneio na 10ª posição, com 10 pontos.

Classificado para a semifinal, o Cruzeiro aguarda a definição da rodada para descobrir quem será o seu adversário na fase de mata-mata. América-MG e URT são os possíveis oponentes da equipe de Belo Horizonte. O primeiro jogo ocorrerá no próximo domingo (16).

GOLEIRO

Recuperado de uma cirurgia para reconstruir o ligamento cruzado anterior do joelho direito, o goleiro Fábio entrou em campo nesta manhã (9) na condição de titular. Mano optou por poupar alguns jogadores, visando os confrontos da Copa do Brasil, Sul-Americana e reta final do Campeonato Mineiro. O capitão da equipe, que substitui Rafael, não entrava em campo desde a partida contra o Coritiba, no estádio Independência, em 14 de agosto de 2016. Em seu retorno aos gramados, o camisa 1 pouco trabalhou e o Cruzeiro saiu vitorioso.

HOMENAGEM

Jefferson Ricardo Dias de Oliveira, conhecido como Cegão, faleceu na semana passada, quando a Pantera venceu o América de Teófilo Otoni por 1 a 0. O duelo era válido pela 10ª rodada o Estadual. Na ocasião, o apaixonado pelo Democrata sofreu um AVC (acidente vascular cerebral) e não resistiu. Na manhã deste domingo, ele foi homenageado com um minuto de silêncio. O curioso é que o fato, corriqueiro no pontapé inicial, ocorreu na volta do intervalo.