Na volta da torcida ao Allianz, Palmeiras perde para o Bragantino em jogo de seis gols

·3 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Palmeiras decepcionou os mais de 8 mil torcedores que saíram de casa debaixo de chuva para reencontrar o time no Allianz Parque. Com desfalques, improviso e erros individuais, o Verdão foi derrotado pelo Red Bull Bragantino por 4 a 2 e já amarga quatro jogos sem vitórias no Brasileiro. Ytalo, Cuello e Artur (duas vezes) marcaram pelos visitantes. Dudu e Raphael Veiga diminuíram nesta 25ª rodada.

Muitos gols

Nos primeiros minutos de jogo, os dois times já haviam colocado os goleiros para trabalhar. Aos 4', Ytalo bateu cruzado e Jailson defendeu. Depois, foi a vez do Palmeiras responder em jogada ensaiada que Dudu acertou a trave. Não demorou muito, no entanto, para a bola entrar. Aos 12', Ytalo passou no meio dos zagueiros, invadiu a área e bateu forte para vencer Jailson.

Mesmo atrás do placar, o Verdão seguia na tentativa de furar o bloqueio rival e Dudu dava trabalho ao goleiro Cleiton. Jailson também trabalhou e salvou um chute perigoso de Cuello.

Apesar das boas investidas do camisa 43 palmeirense, o Bragantino aproveitou duas desatenções do adversário em dois minutos que mexeram com o emocional palmeirense. Os donos da casa começaram a cometer erros individuais defensivos. E o Massa Bruta, é claro, aproveitava de cada vacilo.

Aos 33', Danilo perdeu a bola e depois viu ela desviar nele mesmo no chute de Cuello para enganar Jailson. Em seguida, Kuscevic, improvisado na lateral direita, pecou na saída de bola, Artur recebeu de Ytalo e ampliou: 3 a 0. Quando tudo parecia perdido, aos 42', Kuscevic fez cruzamento na medida para Dudu cabecear e diminuir o marcador.

Etapa final

O Palmeiras voltou a campo para o tudo ou nada. Veron e Luiz Adriano entraram e o Palmeiras ficou mais perigoso. Aos 15', Jorge foi derrubado dentro da área e o juiz marcou pênalti, que Raphael Veiga cobrou bem e diminuiu para o Verdão.

O jogo se equilibrou e, apesar de estar mais perto do gol de empate, o Palmeiras viu Artur marcar um golaço, no ângulo, aos 30'. O técnico Abel Ferreira demorou a mexer e decidiu, então, colocar Scarpa para ajudar na armação. Apesar das tentativas, finalizações e bola na trave, o Verdão não conquistou seu objetivo.

Próximos desafios

Pela 26ª rodada, o Palmeiras vai a Salvador enfrentar o Bahia, na terça-feira (12), às 21h30, enquanto o Red Bull Bragantino recebe o Atlético-GO no mesmo dia, às 19h.


PALMEIRAS 2 X 4 RED BULL BRAGANTINO

Local:
Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data e horário: 9 de outubro de 2021, às 21h00
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Johnny Barros de Oliveira (SC)
VAR: Rodrigo Dalonso Ferreira (SC)
Gols: Ytalo (0-1), Cuello (0-2), Artur (0-3), Dudu (1-3), Raphael Veiga (2-3), Artur (2-4)
Cartão Amarelo: Abel Ferreira, Aderlan, Veron

PALMEIRAS
Jailson; Kuscevic (Breno Lopes 35' 2°T), Luan, Renan, Jorge (Scarpa 35' 2°T); Danilo Barbosa (Luiz Adriano 13' 2°T), Patrick de Paula, Raphael Veiga, Dudu, Wesley (Veron, intervalo), Rony (Deyverso 41' 2°T). Técnico: Abel Ferreira.

RED BULL BRAGANTINO
Cleiton, Aderlan (Léo Ortiz 33' 2°T), Fabrício Bruno, Natan, Lucas Cândido; Jadsom, Eric Ramires, Praxedes (Helinho 19' 2°T); Artur, Ytalo (Gonzalo 43' 2°T), Cuello (Realpe 43' 2°T). Técnico: Marcos Barbieri.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos