Na reestreia de Ibrahimovic, Milan joga mal e desaponta no início do ano

Ibrahimovic disputa bola no ataque em sua reestreia pelo Milan (Foto: Miguel MEDINA / AFP)
Ibrahimovic disputa bola no ataque em sua reestreia pelo Milan (Foto: Miguel MEDINA / AFP)


O confronto entre Milan e Sampdoria terminou empatado em 0 a 0 e mostrou dois times que precisam evoluir nesta segunda metade de temporada após a pausa do Campeonato Italiano. O time de Milão não conseguiu empolgar a torcida nem com a reestreia do ídolo Ibrahimovic, enquanto a Sampdoria arrancou um empate na disputa contra a zona de rebaixamento.

ANO NOVO, VIDA VELHA
O primeiro tempo entre Milan e Sampdoria mostrou que o time de San Siro não apresentou nenhuma novidade após as pausas para as festas de final de ano. Embora tenha tido mais posse de bola, a equipe pouco criou e ameaçou o gol dos visitantes. A grande atração e novidade da primeira etapa foi ver Ibrahimovic no banco de reservas.



SUSTOS
Ao longo da partida, mas principalmente no segundo tempo, a Sampdoria, lutando contra o rebaixamento, chegou com perigo ao gol de Donnarumma e com chances reais de abrir o placar, no entanto a má pontaria e a presença do arqueiro italiano foram essenciais para manter o time de Milão vivo no jogo. No entanto, após os sustos, a equipe rubro negra conseguiu retomar o controle do jogo.

IBRA REESTREIA
Ibrahimovic entrou com 10 minutos do segundo tempo após sua equipe estar sofrendo com os ataques rápidos da Sampdoria. Com poucos minutos em campo, o veterano de 38 anos já mostrou perigo em uma cabeçada que foi travada perto da linha do gol pelo defensor. Sua presença em campo fez com que o Milan tivesse mais presença na área e criasse mais chances, mas também sem muito perigo ao gol adversário.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também