Na Rússia, Hamilton é favorito para corrida que é dominada pela Mercedes

Douglas Nunes
Scuderia venceu todos os Grande Prêmios realizados no país. A Ferrari pode até ter subido de nível e brilhado em duas das três primeiras corridas do ano, mas na Rússia, a supremacia é da Mercedes. Disputada desde 2014, a prova ainda não viu outra scuderia no lugar mais alto do pódio. O desempenho tem sido tão incrível nos últimos anos que em duas ocasiões terminou até com dobradinha de Lewis Hamilton e Nico Rosberg. O britânico, inclusive, é o mais cotado para vencer mais uma vez, dando $ 1,90 por cada real, de acordo com dados do Bet365.

Scuderia venceu todos os Grande Prêmios realizados no país.

A Ferrari pode até ter subido de nível e brilhado em duas das três primeiras corridas do ano, mas na Rússia, a supremacia é da Mercedes. Disputada desde 2014, a prova ainda não viu outra scuderia no lugar mais alto do pódio. O desempenho tem sido tão incrível nos últimos anos que em duas ocasiões terminou até com dobradinha de Lewis Hamilton e Nico Rosberg.

O britânico, inclusive, é o mais cotado para vencer mais uma vez, dando $ 1,90 por cada real, de acordo com dados do Bet365. Este seria o terceiro triunfo do piloto no local, que já faturou em 2014 e 2015, e ainda terminou na segunda posição no ano passado. Porém, essa expectativa não se resume só ao histórico. Nesta temporada, vem com um bom rendimento, com uma vitória e dois segundo lugares.

Vettel é o principal concorrente

Grande nome desde o começo de campeonato, Sebastian Vettel vem logo na cola. Com boas estratégias com a sua Ferrari, o alemão vem na liderança da disputa, após ganhar na Austrália e no Bahrein. Caso consiga receber a bandeirada na frente mais uma vez, garante R$ 2,25.  No entanto, por todo repertório de Hamilton, corre um pouco por fora na Rússia.

Sem surpresas

A menos que tenha um acidente envolvendo os dois citados acima, dificilmente o resultado foge para algum outro nome. Dos candidatos a surpresa, Valtteri Bottas é o que aparece com mais destaque, por ser o mais próximo dos líderes, e rende R$ 8,50 se alcançar sua primeira vitória na Mercedes.

Sem entregar o mesmo desempenho de Vettel, Kimi Raikkonen seria uma grande zebra, oferecendo R$ 17,00. O mesmo vale para os pilotos da RBR, Max Verstappen e Daniel Ricciardo. Com a equipe vindo abaixo do que apresentou na temporada passada, os dois pagam inacreditáveis R$ 41,00 por um feito improvável.

Massa distante dos líderes

Sem vencer desde setembro de 2009, ainda com Rubens Barrichello, o Brasil vai seguir no jejum. Único representante, Felipe Massa – que teve sua última conquista em 2008 – dá excelentes R$ 251,00 para quebrar essa sequência negativa, mas vem longe demais até do pódio, que garante R$ 17,00. Para o piloto, o ideal é investir que ele alcança a pontuação, que ainda rende 28% de lucro. Das três corridas, conseguiu o feito em duas ocasiões.

Pódio traz lucros modestos

Se você não sentir confiança em apontar o grande vencedor, a dica é ir exatamente na classificação dos dez melhores. Hamilton e Vettel são figuras certas neste posto e garantem R$1,11 e R$ 1,12, respectivamente. Para ter rendimentos maiores, o foco vai ser em Max Verstappen e Daniel Ricciardo. Ambos pagam 20% de lucro e dificilmente ficam de fora.

Oportunidades de lucro

A fórmula 1 traz mais algumas opções de investimento que podem ser bastante satisfatórias. Apenas a passagem de Hamilton e Vettel pela liderança no final de uma volta já traz retornos de R$ 1,16 e R$ 1,25 em cada real. No entanto, o faturamento cresce muito se você cravar que o britânico faz a volta mais rápida da prova, rendendo R$ 2,75. Já se preferir ser audacioso e aplicar no feito para outro piloto, saiba que Kimi Raikkonen, por exemplo, paga fantásticos R$ 26,00.

Foco nas equipes

Na disputa entre as scuderias, a Mercedes é a mais cotada para ter o vencedor, dando R$ 1,66 por R$ 1,00. Na sequência estão Ferrari e Red Bull, oferecendo R$ 2,20 e R$ 21,00, respectivamente. No entanto, investimento mais inteligente é que as duas primeiras completem a corrida com seus dois pilotos, o que traz lucro superior a 25%. Já se preferir acreditar que algum dos carros abandona, você leva mais do que o triplo do valor investido.

O feito garante um retorno ainda melhor para outras equipes, mas chega ao topo quando falamos de McLaren e Sauber. Sofrendo desde a temporada passada, as duas ainda não conseguiram isso nesta edição, mas pagam R$ 21,00 e R$ 151,00 caso enfim tenham essa verdadeira conquista.

Por outro lado, caso a corrida tenha confusão e seja necessária a entrada de um Safety Car, até aí você tem motivos para comemorar, pois o acontecimento oferece ganhos de R$ 1,40.

pilotos favoritos para a corrida deste domingo, às 9 horas (30/04):

Odds em 26 de abril, segundo Bet365

  • Lewis Hamilton R$ 1,90
  • Sebastian Vettel R$ 2,25
  • Valtteri Bottas R$ 8,50
  • Kimi Raikkonen R$ 17,00
  • Max Verstappen R$ 41,00
  • Daniel Ricciardo R$ 41,00
  • Felipe Massa R$ 251,00
  • Carlos Sainz R$ 501,00
  • Sergio Perez R$ 501,00
  • Todos os demais (+ de R$ 1.000,00)