Na mira de gigantes, Lukaku deve deixar o Everton: "a decisão está tomada e sou ambicioso, não arrogante"

Romelu Lukaku disse que não há nada de errado com  a sua ambição ao rejeitar um novo contrato do Everton.

O jogador da Seleção Belga deve deixar o Goodison Park em busca de um novo destino. Apesar disso, Mino Raiola, empresário do atleta, garante que a situação está "99,9% feita".

O artilheiro do Everton tem falado regularmente sobre o desejo de disputar uma edição de UEFA Champions League e conquistar títulos, mas insiste que não deveria ser um erro por arrogância.

"A decisão já foi tomada. Então, não posso falar sobre", disse o jogador que ainda tem dois anos de contrato com o time de Liverpool.

Ronald Koeman and Romelu Lukaku


(Foto: Getty Images)

"Não há nada de errado em ter ambição. Você tem que abraçar as oportunidades onde estiver como um jogador. Às vezes, as pessoas confundirão as coisas que digo, mas é apenas a ambição que eu tenho. Eu quero vencer títulos e não acho que as pessoas deveriam tomar isso como arrogância. É isso que os jogadores precisam buscar se eles pretendem se tornar o melhor. Eu tive um longo caminho até agora, mas a estrada ainda é longa e eu sei que preciso melhorar e ser melhor. Quero ajudar o Everton da melhor forma possível, também a minha Seleção".

Autor de 21 gols em 28 partidas disputadas na Premier League desta temporada, o jogador é bastante cobiçado por grandes europeus.