Na web, Mauro Cezar se irrita com torcedores 'mimimi' do Flamengo: 'Duvido que frequentassem estádios'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O jornalista Mauro Cezar Pereira desabafou, nesta segunda-feira, em seu blog. Após receber críticas de alguns torcedores do Flamengo nas redes sociais, o comentarista esportivo deixou criticas à uma "ala Flamimimi arrogante" que teria visto Mauro "passar a mão na cabeça" do treinador Rogério Ceni. O profissional discorda que Ceni seja 100% culpado pela derrota para o Fluminense, neste domingo, pelo Brasileirão.

+ SAIU ATRÁS! Veja os próximos jogos do Mengão no Brasileiro

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

+ Começou o Brasileirão! Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

- Em meio às muitas mensagens que chegam ao meu canal no YouTube, a de uma torcedora do Flamengo continha certa queixa: eu não estaria sendo crítico ao trabalho de Rogério Ceni como deveria. Não consigo responder a todos que comentam, mas quando possível, o faço - começou ele, que argumentou que não carrega a cruz de ser "a voz da torcida", mas sim, deixa seus pitacos.

Mauro ainda apontou que há, nesta "ala rubro-negra", um "modismo". OU seja, uma parte de pessoas que acompanhavam o clube carioca apenas pela internet e que ficou acostumada com as vitórias recentes da equipe.

- Como não estou oferecendo tal “serviço”, nem pretendo, evidentemente seguirei dando a minha opinião. Não a dos rubro-negros reclamões da "Flamimimi", aquele grupo que se queixa até quando o time deles vence. E é capaz de preferir a derrota só para achar que tem razão - disse ele, que seguiu.

- Mas dificilmente têm. Primeiro porque em geral não são capazes de analisar uma partida. Veem os jogos com ódio, torcendo para dar errado e correr para a rede social repetindo “eu te disse, não disse?” Ou ofendendo. No caso de Rogério Ceni, existe uma clara pré-disposição à crítica. Parece algo doentio até. Evidentemente existem os que o criticam ponderada e criteriosamente. Esses merecem atenção, rola uma boa conversa. Já os frenéticos alucinados, melhor ignorar - comentou o jornalista.

O comunicador ex-Grupo Disney e atualmente no SBT já havia debatido o tema com alguns torcedores via Twitter. Mauro chegou ao desentendimento após avaliar a derrota do Rubro-Negro para o Fluminense, por 1 a 0, neste domingo, pelo Brasileirão. Mauro crê que Rogério errou nas trocas dos jogadores, mas não estaria vendo um cenário de "terra arrasada".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos