Na base do Grêmio desde os 16 anos, zagueiro pode estrear pela Libertadores

Futebol Latino
·2 minuto de leitura


Joia da base do Grêmio, o zagueiro Emanuel estreou com a camisa tricolor ainda em 2017, na última rodada do Brasileirão daquele ano diante do Atlético Mineiro. Desde então, o defensor virou capitão do time de transição do Grêmio e coleciona passagens pelas categorias de base da Seleção Brasileira.

>Veja os confrontos da fase anterior aos grupos da Libertadores

A expectativa do garoto para a temporada 2021 é de se firmar no grupo principal e ter mais chances no time de Renato Portaluppi. Tendo como referência Geromel e Kanneman, Emanuel afirmou aprender muito ao treinar com a dupla que se solidificou como uma das melhores do Brasil nos últimos anos.

- A sensação de treinar com o grupo principal é a melhor possível. Estar com atletas que já fizeram história no futebol é muito proveitoso e me ensina demais. Eu estou procurando aproveitar o máximo com esses jogadores que já ganharam tanto - contou o zagueiro.

Inscrito pela primeira vez na Copa Libertadores, o defensor conta que está realizando um sonho de criança, mas entende a responsabilidade de vestir a camisa de um tricampeão da América:

- O que passa pela minha cabeça ao ver meu nome em uma lista de relacionados para a Libertadores da América é de estar realizando um sonho de moleque. É o campeonato mais importante da América do Sul e saber que o clube confia em mim para defender as suas cores é gratificante.

Com a larga vantagem conquistada pelo Grêmio diante do Ayacucho-PER, o Tricolor Gaúcho levou a Quito, no Equador, um time mais jovem para dar minutagem a todos. Emanuel, porém, garante que o time não vai se acomodar com o 6 x 1 do primeiro confronto e entra para sair com outra vitória.

- O jogo de amanhã será um jogo difícil. Não tem como ver de outro modo. É um jogo eliminatório de Libertadores. Temos vantagem e estamos preparados para fazer outro grande jogo e voltar com a classificação - finalizou.

O confronto em questão está agendado para ocorrer nessa terça-feira (16) às 21h30 (de Brasília) no Estádio Olímpico Atahualpa pela Segunda Fase da Libertadores.