Na expectativa em ser registrado, Michel Araújo pode ser a novidade do Fluminense contra o Boavista

Joel Silva
LANCE!
Michel Araújo tem mostrado um bom rendimento nos treinos do Tricolor (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Michel Araújo tem mostrado um bom rendimento nos treinos do Tricolor (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)


O técnico Odair Hellmann deve poupar alguns jogadores importantes na partida contra o Boavista, sábado, no Maracanã, já que na terça-feira, o Fluminense tem o primeiro grande desafio da temporada. O Tricolor estreia pela Copa Sul-Americana, também no Maraca, contra o Unión La Calera, do Chile. Portanto, Luccas Claro, que disputou todos os jogos até o momento, Gilberto, Hudson, Nenê e Matheus Alessandro, estão cotados para receber o descanso.

Apesar das ausências, o jogo pode ter um atrativo bastante interessante. Trata-se do meia Michel Araújo, que pode fazer a sua estreia com a camisa tricolor, desde que seja registrado nesta sexta-feira, no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. O nome do uruguaio já consta no Boletim Informativo de Registro de Atletas (BIRA) da FERJ desde a quarta-feira, com a exigência do documento de transferência internacional.

TABELA
Confira a classificação da Taça Guanabara



Michel Araújo completa nesta noite 15 dias desde que desembarcou no Rio de Janeiro e também uma semana em que foi apresentado. Durante todo o período participou de todos os treinamentos, sem nenhum tipo de restrição e se encontra apto fisicamente para entrar em campo. O uruguaio tem 23 anos e antes de chegar ao Fluminense defendeu o Racing-URU. O contrato do jogador vai até dezembro de 2023.

GRINGO INDO EMBORA

Enquanto Michel Araújo pode iniciar a usa trajetória pelo Fluminense, outro estrangeiro deu adeus oficialmente ao clube. O equatoriano Orejuela teve a sua rescisão publicada no BID da CBF na última quarta-feira. O volante está a caminho do Querétaro, do México, como revelou o presidente Mário Bittencourt.

- O Orejuela foi vendido ao Querétaro por US$ 1,1 milhões (R$ 4,6 milhões). Vendemos a nossa parte, 60% dos direitos econômicos e lá, como em todos os lugares, o pagamento vai ser feito de forma parcelada.

Orejuela foi contratado pelo Fluminense em 2017, após ter se destacado pelo Independiente del Valle, do Equador, vice-campeão da Libertadores de 2016. Ele chegou ao clube junto de seu compatriota e companheiro de time, o meia Sornoza, que atualmente defende a LDU-EQU, equipe que Orejuela defendeu por empréstimo nas últimas duas temporadas. Pelo Tricolor, o volante disputou 48 jogos e não marcou gol.














Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também