Na estreia dos titulares, Atlético-PR empata com erro bizarro do goleiro

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) Depois de nove rodadas, o Atlético-PR enfim foi a campo pelo Campeonato Paranaense com um time praticamente titular. Isso, porém, não significou vitória para os comandados de Paulo Autuori. A equipe rubro-negra encontrou dificuldades diante do J. Malucelli e só empatou por 1 a 1 em jogo disputado na noite desta quarta (22), no Ecoestádio.

Com o resultado, o Atlético-PR chega a 11 pontos e continua na sétima colocação da tabela. O J. Malucelli, por sua vez, vai a 18 e perde a vice-liderança para o Cianorte, que alcançou os 19.

O Atlético-PR volta a campo já no sábado (25), quando recebe o Cianorte na Arena da Baixada, pela penúltima rodada da fase de classificação do Estadual. Já o J. Malucelli joga um dia depois, contra o Londrina, novamente no Eco-Estádio.

O primeiro gol da partida saiu após uma falha bizarra de Santos, que substituía Weverton, na seleção brasileira. Em cobrança de lateral no campo de defesa, o goleiro furou e deixou a bola entrar no gol. Como ninguém tocou nela, o juiz marcou escanteio, que o J. Malucelli cobrou e converteu em gol, com Rafael Santiago desviando de cabeça na primeira trave, aos 6min. 1 a 0.

O Atlético-PR ficou apenas cinco minutos atrás no placar. Em cobrança de falta do lado direito da área do J. Malucelli, Felipe Gedoz bateu por fora da barreira e surpreendeu o goleiro – que estava esperando o cruzamento para a área – para deixar tudo igual no Ecoestádio. 1 a 1.

O técnico do Atlético-PR, Paulo Autuori, precisou deixar o campo mais cedo. Após o apito final do primeiro tempo, ele entrou em campo para reclamar com o árbitro e acabou sendo expulso. Com isso, foi o auxiliar Bruno Pivetti quem comandou o time na etapa final.