Na busca por um centroavante, Peixe negocia com artilheiro da Série B

Ana Canhedo
LANCE!
Santos e Atlético-GO não conseguiram se acertar pela liberação de Junior Brandão (Foto: Paulo Marcos/Atlético-GO)

Santos desiste de Brandão, Peres ironiza e Atlético diz: 'Faltou respeito'

Santos e Atlético-GO não conseguiram se acertar pela liberação de Junior Brandão (Foto: Paulo Marcos/Atlético-GO)


O Santos negocia a contratação de Junior Brandão, centroavante de 23 anos e artilheiro da Série B do Campeonato Brasileiro, com nove gols em 16 jogos. O Peixe busca um "camisa 9" no mercado para preencher a última lacuna do elenco - para o meio-campo, foram contratados dois reforços. Brandão pertence ao Atlético-GO e desperta o interesse também de outros clubes.

Embora tenha muitos gols na temporada, são 13 em 29 jogos, Brandão é considerado uma aposta e, por enquanto, a negociação está em fase inicial. A informação foi publicada inicialmente pelo Globoesporte.com. No começo do ano, Junior foi disputado pelos rivais Atlético e Goiás e acabou fechando contrato com o Dragão em 27 de março. O vínculo é válido até 2020.

O Atlético-GO, quarto colocado na Série B do Brasileirão, entra em campo no próximo sábado, para enfrentar o Criciúma, pela 20ª rodada da competição. A tendência é que o atacante esteja em campo e que a negociação não seja concretizada antes disso.

Atualmente, o técnico Cuca conta com Yuri Alberto como homem de ofício para a posição. Gabriel também é usado como camisa 9, mas não se adaptou jogando como centroavante e acabou perdendo a vaga na última partida para o garoto de 17 anos. A contratação de um atacante para jogar centralizado é atual prioridade da diretoria santista.

O Santos também tentou a contratação do centroavante argentino Nicolás Blandi, de 28 anos, e chegou a fazer uma oferta de 3 milhões de dólares (R$ 11,4 milhões) por 50% dos direitos econômicos do jogador ao San Lorenzo, da Argentina. Oferta prontamente recusada pelo clube argentino.

O interesse do Alvinegro em Blandi foi revelado pelo Diário do Peixe. O San Lorenzo considerou baixo o valor da primeira proposta e a recusou prontamente. Além disso, o clube argentino entendeu que não teria tempo hábil para encontrar um substituto no mercado. A janela de transferências fecha nesta quinta-feira na Argentina.










Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também