Na Baixada, Athletico já obteve três resultados em 2019 que serviriam para Copa do Brasil

Futebol Latino
LANCE!
Heuler Andrey / AFP
Heuler Andrey / AFP


O resultado obtido na primeira partida da semifinal da Copa do Brasil contra o Grêmio está longe de ser simples para reversão. Afinal, o Furacão já começa com dois gols de desvantagem desde o apito inicial e precisa ao menos igualar o feito do adversário para levar as penalidades.

Todavia, fazer o necessário não apenas para se manter vivo, mas passar diretamente a decisão, é algo que o time dirigido por Thiago Nunes já fez na temporada atuando ao lado da força que tem a Arena da Baixada e não apenas em uma oportunidade.

Levando em consideração somente partidas dentro dos domínios do rubro-negro e com o elenco principal (já que, no Paranaense, o clube há algum tempo opta por utilizar equipes da base ou do Aspirantes), foram quatro as oportunidades em que o Athletico venceu por três gols de diferença.

A primeira delas foi logo na estreia da fase de grupos da Libertadores no dia 14 de março onde, recebendo o Jorge Wilstermann, a equipe aplicou uma goleada de 4 a 0, gols feitos por Marco Rubén, Tomás Andrade, Renan Lodi e Bruno Guimarães. Também pelo torneio continental e na fase de grupos, o Furacão ganhou por 3 a 0 do Boca Juniors no dia 2 de abril.

As outras duas oportunidades em que o time de Tiago Nunes conseguiu placar que seria suficiente para avançar a final da Copa do Brasil foram válidas pelo Campeonato Brasileiro diante de dois adversários cariocas: Vasco (4 a 0 em 28 de abril) e Fluminense com o 3 a 0 favorável no dia 2 de junho.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também