Na Arena, Grêmio vence o Brasiliense e abre vantagem na Copa do Brasil

·4 minuto de leitura
RS - Porto Alegre - 02/06/2021 - COPA DO BRASIL 2021, GREMIO X BRASILIENSE - Jean Pyerre jogador do Gremio comemora seu gol com Leo Chu jogador da sua equipe durante partida contra o Brasiliense no estadio Arena do Gremio pelo campeonato Copa do Brasil 2021. Foto: Pedro H. Tesch/AGIF

Após um excelente início de temporada, garantindo o título do Campeonato Gaúcho, além de ter a melhor campanha geral na Sul-Americana, o Grêmio segue dando trabalho aos adversários. Em sua estreia pela terceira fase da Copa do Brasil, o Tricolor não tomou conhecimento do Brasiliense na tarde desta quarta-feira e, com gols de Ricardinho e Jean Pyerre, fez 2 a 0 em sua Arena, abrindo vantagem no duelo de ida.

Agora as equipes voltarão a enfrentar-se na próxima quinta-feira, no Estádio Mané Garrincha. Com o resultado, o Imortal poderá perder por até um gol de diferença para garantir sua vaga nas oitavas.

GRÊMIO VAI PRA CIMA DESDE O INÍCIO

Mesmo jogando em casa, o Grêmio não permitia que o Brasiliense conseguisse ficar com a posse de bola. Com isso, até meados dos 10 minutos, apesar de aparecer frequentemente em seu campo de ataque, o único lance que deu trabalho ao goleiro Edmar Sucuri, saiu dos pés de Jhonata Robert em uma pancada com o pé direito.

IMORTAL SEGUIA INSISTINDO, MAS SEM SUCESSO

Até meados dos 25 minutos, o panorama do jogo basicamente seguia igual. Martelando o sistema de defesa do Jacaré, a equipe gaúcha arriscava chutes de fora da área na esperança de surpreender o camisa 1 adversário, como nas tentativas de Jean Pyerre, Léo Chú e Lucas Silva, porém o placar na Arena seguia sem alterações.

Com o tempo passando, o time do Distrito Federal, aos poucos, passou a equilibrar mais as ações. Sendo assim, próximo da reta final da primeira etapa, depois de uma linda jogada individual tirando dois marcadores, bateu com efeito, mas viu sua bola desviar em Vanderson, indo para escanteio.

TRICOLOR MARCA NO FIM DA ETAPA INICIAL

Quando tudo parecia caminhar para um empate parcial sem gols, aos 44 minutos, o Grêmio tratou de abrir a contagem. Pegando rebote depois de uma bonita troca de passes entre Jean Pyerre e Jhonata Robert, Ricardinho só teve o trabalho de mandar para o fundo das redes marcando seu primeiro gol no jogo e o primeiro do clube de Porto Alegre na competição.

GRÊMIO AMPLIA NO INÍCIO DA SEGUNDO TEMPO

Voltando para os últimos 45 minutos, apenas o técnico Vilson Tadei optou por promover uma troca em sua equipe, tirando Weverton Gaduxo, pendurado com um cartão amarelo, para colocar em seu lugar Wagner Balotelli. Apesar da modificação, o Brasiliense acabou vendo o rival aumentar a diferença no placar. Aos 3 minutos, aproveitando erro do goleiro Sucuri, em uma saída errada, deu a bola nos pés de Ricardinho, porém acabou parando na defesa do Jacaré, mas pegando o rebote ajeitou para Jean Pyerre que só teve o trabalho de tocar para o gol vazio. Grêmio 2 a 0.

RICARDINHO PERDE CHANCE INCRÍVEL

Sendo um dos artilheiros do Tricolor na temporada, Ricardinho buscava jogo a todo momento, conseguindo sair bem da marcação rival. Porém, nem tudo deu certo para o atacante no confronto. Aos 19 minutos, Léo Chú arrancou pelo lado direito fazendo o cruzamento para o camisa 45, mas na hora da finalização, o atleta, quase 'dentro do gol', mandou a bola no travessão para lamentação do próprio.

SUBSTITUIÇÕES DE AMBOS OS LADOS JÁ NA RETA FINAL

Tentando descontar no marcador visando o confronto da volta na próxima semana, o treinador da equipe visitante então resolveu recuar novamente aos seus suplentes. Entre as trocas, Zé Love, atacante ex-Santos, que pouco conseguiu produzir no confronto, deixou seu lugar para Romarinho, além de Jorge Henrique, ex-Corinthians e Botafogo, que entrou no lugar de Peninha, até deu um certo incômodo nos momentos finais a Kannemann, Geromel e companhia, mas sem sucesso nas tentativas.

Por outro lado, Pedro Sotero, que comandava a equipe local no banco de reservas, também promoveu algumas mudanças. Entre algumas trocas, Churín, Victor Bobsin e Guilherme Azevedo entraram na expectativa de marcar mais gols. Porém, o que se viu foi o Tricolor apenas administrando o resultado até o apito final do árbitro Alexandre Vargas Tavares de Jesus.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO x BRASILIENSE - TERCEIRA FASE DA COPA DO BRASIL

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 2 de junho de 2021, às 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (CBF-RJ)
Assistentes: Michael Correia (CBF-RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (CBF-RJ)
Cartões amarelos: Vanderson, Lucas Silva e Jean Pyerre (GRE) / Weverton Gaduxo, Badhuga, Zé Love e Lídio (BRA)
Cartões vermelhos: -

GOL: Ricardinho, 44'/1ºT; Jean Pyerre, 3'2ºT

GRÊMIO (Técnico: Pedro Sotero)
Paulo Victor; Vanderson, Geromel, Kannemann e Cortéz; Lucas Silva, Thiago Santos e Jean Pyerre; Jhonata Robert, Léo Chú (Léo Pereira, aos 25'/2ºT) e Ricardinho (Diego Chúrin, aos 25'/2ºT).

BRASILIENSE (Técnico: Vilson Tadei)
Edmar; Diogo, Badhuga, Gustavo Henrique e Weverton Goduxo (Wagner Balotelli, no intervalo); Lídio, Sandy, Didira (Zotti, aos 34'/2ºT) e Peninha (Jorge Henrique, aos 42'/2ºT); Luquinhas (Milton Júnior, aos 34'/2ºT) e Zé Love (Romarinho, aos 34'/2ºT).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos