Na Arena Castelão, Fortaleza e Goiás ficam apenas no empate

Futebol Latino
·3 minuto de leitura
Fortaleza e Goiás ficaram no empate (Kely Pereira/AGIF)
Fortaleza e Goiás ficaram no empate (Kely Pereira/AGIF)

Pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, Fortaleza e Goiás jogaram na Arena Castelão e empataram por 1 a 1 em noite onde os centroavantes Fernandão e Wellington Paulista foram determinantes para a movimentação do marcador. Entretanto, na movimentação da tabela, a igualdade não foi boa para nenhuma das equipes já que, enquanto o Fortaleza foi para o nono lugar com 29 unidades, os goianos tem 16 pontos na última posição do Brasileirão.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

CHEGOU E MARCOU

O Fortaleza até tinha a bola nos pés e havia conseguido uma finalização interessante quando Wellington Paulista teve espaço para limpar a marcação e forçar o trabalho de Tadeu, porém ainda pouco diante da dominância territorial que exercia. por outro lado, postado justamente para aproveitar as linhas mais altas do adversário e encaixar seus lances ofensivos na base do contra-ataque, o Esmeraldino achou sua oportunidade quando Miguel Figueira carregou bem a bola e conseguiu o passe preciso para Fernandão. O centroavante recebeu com liberdade e, cara a cara com Felipe Alves, bateu de chapa no canto esquerdo do arqueiro para balançar as redes na Arena Castelão.

CRESCEU A PRESSÃO

Já na reta final da primeira etapa, o Leão do Pici passou a ter mais precisão na sua movimentação ofensiva onde, principalmente nas subidas de Tinga, as jogadas mais agudas começaram a surgir. Em duas jogadas ainda na etapa inicial, David perdeu oportunidades impressionantes além de, na etapa complementar, o mesmo David bater na altura da marca do pênalti para uma defesa rasteira espetacular de Tadeu.

100 VEZES WELLINGTON PAULISTA

De tanto aplicar a circulação da bola no ataque com a presença de cada vez mais nomes, foi pela esquerda que o Tricolor encontrou seu tão perseguido tento vindo dos pés do artilheiro da equipe na temporada, Wellington Paulista.

Após bola enfiada em profundidade para Bruno Melo, o lateral cruzou à meia altura e WP9 fez o que dele se espera: tocou pras redes e marcou o seu 100° gol na história do Campeonato Brasileiro, algo que o colocou como o quarto maior artilheiro da história da competição.

INSISTIU, MAS NÃO CONSEGUIU

Especialmente nos minutos finais da parte em solo cearense, o Fortaleza acelerou o passo e tentou forçar a busca do gol da vitória, mas não houve precisão suficiente em concluir as jogadas e o placar não mais se movimentou na Arena Castelão.

FICHA TÉCNICA
​FORTALEZA 1 x 1 GOIÁS

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)
Data e hora: 26/11/2020 - 20h
​Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
​Cartões amarelos: Jackson, João Paulo (FOR)
Cartões vermelhos:
Gols: Fernandão (23'/1°T), Wellington Paulista (15'/2°T)

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Wanderson, Jackson e Bruno Melo (Carlinhos, aos 35'/2°T); Juninho e Felipe; Romarinho (João Paulo, aos 35'/2°T), Osvaldo (Yuri César, no intervalo) e David; Wellington Paulista (Bergson, aos 28'/2°T). Técnico: Marcelo Chamusca.

GOIÁS: Tadeu; Taylon, David Duarte, Fábio Sanches e Jefferson; Breno, Ariel Cabral (Daniel Oliveira, aos 31'/2°T) e Shaylon; Miguel Figueira (Pedro Marinho, aos 19'/2°T), Fernandão (João Marcos, aos 31'/2°T) e Keko (Henrique Lordelo, aos 10'/2°T). Técnico: Glauber Ramos.

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos