'A Nação quer o Rafinha' - muro da Gávea é pichado e clima esquenta no Flamengo

Antonio Mota
·1 minuto de leitura

Recado? Em meio aos trabalhos preparatórios para a partida contra o Resende, no Maracanã, na noite da próxima sexta-feira (19), pela 4ª rodada do Campeonato Carioca, o Flamengo recebeu uma “mensagem expressa” com pedidos de volta de Rafinha e queixas contra Luiz Eduardo Baptista, o Bap, vice-presidente de relações externas do clube.

De acordo com informações do UOL Esporte, os muros da Gávea, sede social do Rubro-Negro, foram pichados na madrugada desta quinta-feira (18) com os seguintes dizeres: “A Nação quer a volta do Rafinha" e “Fora Bap”. Vale notar que o Flamengo vive um ano eleitoral. Veja abaixo:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Ídolo, Rafinha e Flamengo têm negociações avançadas, mas não definidas e o panorama não é tão simples, considerando que o clube não tem dinheiro para fazer grandes investidas. Com a pandemia da Covid-19, o Rubro-Negro deixou de lucrar muito, sobretudo com bilheteria e sócio-torcedor, e isso tem impactado drasticamente nas finanças da equipe.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.