Números mostram que Ganso finalmente "estreou" no Sevilla

Meia tem sido um dos destaques do time espanhol neste início de temporada

Paulo Henrique Ganso foi comprado pelo Sevilla em julho de 2016, mas só estreou de verdade nove meses depois, nesta sexta-feira (21 de abril). Antes disto ele disputou 12 jogos, participou de alguns lances bonitos, mas nunca brilhou. Porém, diante do Granada, fez os dois gols da vitória e foi além: mostrou o futebol que fez ele se destacar no Brasil em algumas temporadas.

A escalação de Ganso foi uma grande surpresa nesta sexta. Ele não jogava há 108 dias e sequer ficava no banco de reservas muitas vezes. 

Porém, o meia não sentiu a falta de ritmo de jogo. Demorou apenas três minutos para fazer o primeiro gol. Marcou outro logo depois do intervalo. Em ambos mostrou presença de área, algo que até faltava no futebol dele. Também arriscou outros quatro chutes que assustaram o goleiro Ochoa.

Veja os números de Ganso contra o Granada:

Ganso também mostrou a melhor característica do seu futebol, a qualidade no passe. Inclusive deu uma assistência para gol de Jovetic, mas o juiz marcou impedimento duvidoso. Além disso, acertou 89% dos 44 passes que tentou. E até na defesa ele foi bem, pois acertou quatro dos cinco desarmes que tentou.

A torcida o aplaudiu muito quando ele saiu do jogo, substituído por Franco Vázquez aos 35min do 2º tempo. O torcedor do Sevilla está louco para vê-lo jogar assim mais vezes. Muitos brasileiros também adorariam ver Ganso brilhar na Europa. Mas por enquanto é cedo para dizer que o futebol dele renasceu. O que aconteceu é que finalmente ele estreou.