Números de Ferreirinha dão suporte a sua relevância no elenco do Grêmio

Futebol Latino
·2 minuto de leitura


O time do Grêmio sofreu uma notória queda de rendimento nos últimos jogos, perdendo tanto o GreNal do último domingo (24) pelo placar de 2 a 1 no Beira-Rio além do duro revés por 4 a 2 sofrido em casa contra o Flamengo. Esses resultados vem gerando pedidos de mudança na equipe, especialmente nas redes sociais, e quem pode aproveitar para ganhar novamente seu espaço é o atacante Ferreirinha.

>A sequência do Tricolor na reta final do Campeonato Brasileiro

Os números mostram que o camisa 47 tem excelente aproveitamento quando entra na equipe. Embora saia do banco, consegue ser o líder em dribles entre os atacantes da Série A, segundo a plataforma 'Wyscout', com cerca de 12 dribles por partida e média de acerto de 53%. Além disso, de acordo com informação de outra base de dados analíticos, o 'Footstats', Ferreira é o atleta dentre os nomes com pelo menos dribles na competição que precisa de menos tempo, em média, para concluir uma jogada do tipo, somente 21 minutos.

Outro ponto que joga a favor do atacante é o fator de que seus gols marcados foram decisivos. Na Série A, o atacante marcou diante do Palmeiras no empate por 1 a 1 no primeiro turno e o outro contra o Athletico, na vitória importante por 2 a 1 na Arena da Baixada.

Dos 15 jogos disputados, 11 foram saindo do banco de reservas, onde o tricolor conquistou 45% dos pontos disputados. Além de toda a ajuda no ataque, Ferreira também se destaca como o segundo jogador com mais divididas ganhas dentre os atletas da Série A.

Além da estatística e do momento sugestivo para mudança no Imortal, a situação de outro atleta no elenco pode naturalmente acabar o favorecendo também: Pepê.

Constantemente apontado como alvo do mercado europeu, as informações sobre sua transferência para o Porto se tornaram crescentes nas últimas duas semanas, indicando que os próximos meses servirão também para que Renato tenha de preparar um substituto ao nome que deve rumar ao Velho Continente no meio do ano.