"Nosso nível é uma interrogação para nós", revela Alonso

AFP
Piloto da McLaren Fernando Alonso, em Melbourne, em 23 de março de 2017
Piloto da McLaren Fernando Alonso, em Melbourne, em 23 de março de 2017

A três dias do primeiro Grande Prêmio do ano na Austrália, o espanhol Fernando Alonso revelou que "o nível exato é uma interrogação para nós", nesta quinta-feira, sobre os problemas mecânicos do carro da McLaren nos testes durante a pré-temporada em Barcelona.

"Não conseguimos levar o carro ao limite em nenhuma volta dos testes, por diversos problemas", explicou Alonso, campeão da Fórmula 1 em 2005 e 2006.

A McLaren fez apenas 425 voltas em oito dias, cravando apenas o 17º e o 18º melhores tempos, muito distante das ambições da histórica escuderia.

"Veremos se podemos ter um bom fim de semana, ver um pouco mais o potencial do carro e da nossa situação. Temos muito que fazer e muito trabalho", falou Alonso.

"O time trabalha sempre o mais duro possível para melhorar, identificar os problemas e encontrar soluções. Acho que todo mundo deu o máximo durante essas semanas e veremos o que acontece amanhã na pista", concluiu o espanhol.

Leia também