'Não tenho dificuldades' para trabalhar com Messi, diz Koeman

·1 minuto de leitura
Ronald Koeman, técnico do Barcelona
Ronald Koeman, técnico do Barcelona

O treinador do Barcelona, Ronald Koeman, garantiu esta terça-feira que não tem "dificuldades para trabalhar" com Lionel Messi, após declarações do seu antecessor, Quique Setién, afirmando que foi difícil gerir a estrela argentina.

"Leo (Messi) é um jogador muito, muito bom, ele é o melhor do mundo para mim e estou vendo sua ambição e seu caráter vencedor todos os dias", afirmou Koeman na coletiva de imprensa antes da partida da Liga dos Campeões contra o Dínamo de Kiev, na quarta-feira .

“Ele não é um jogador da equipe que cria dificuldades para trabalhar, mas cada treinador é diferente”, destacou o técnico do Barça, especificando que respeita a opinião do seu antecessor.

"Para mim, ele é o capitão e converso com ele todas as semanas sobre as coisas no campo e no vestiário", acrescentou.

Koeman respondeu assim após ser questionado sobre as declarações de Setién durante um debate com o ex-técnico Vicente del Bosque.

“É verdade que há jogadores que não são fáceis de gerir. Entre eles, o Leo, é verdade”, disse Setién, esclarecendo que “também devemos ter em conta que ele é o melhor jogador de todos os tempos. E quem sou eu para o mudar?!".

Na entrevista, Koeman não quis revelar se irá dar folga ao craque argentino na quarta-feira contra o Dínamo, equipe que está com muitos desfalques por conta da covid-19, mas pregou respeito ao próximo adversário.

“Esperamos por um adversário que vai complicar a nossa vida e teremos que trabalhar para vencer o jogo em casa, já vimos que o Shakhtar (Donetsk), mesmo com desfalques, venceu o Real Madrid” há duas semanas, concluiu Koeman.

gr/psr/lca