Não pode mais vacilar! Inter estreia no mata-mata de olho no erro zero

Com estreia do volante Edenílson, Colorado reencontra  o adversário da última rodada da primeira fase na ida das quartas de final. Se voltar a tropeçar, Internacional pode dar adeus precoce à competição

Com um modesto sétimo lugar na primeira fase e uma campanha inferior aos 50% de aproveitamento, o Internacional não pode mais vacilar no Campeonato Gaúcho. Nesta quinta-feira,às 21h30, o Colorado recebe o Cruzeiro-RS na ida das quartas de final, no Beira-Rio. O jogo da volta é no domingo. O gol fora tem peso dois e só há pênaltis em caso de dois resultados iguais.

Este mesmo adversário foi pedra no sapato do Inter na última rodada da fase inicial. Também mandante na ocasião, mas jogando em Bento Gonçalves, o Colorado perdeu de 2 a 1 e tem mais uma coisa para reerguer-se. Já o Cruzeiro se classificou em segundo, com 20 pontos, seis a mais que o Inter. Quem avançar pega o vencedor de Caxias e Juventude nas semis.

O time de Antônio Carlos Zago terá novidades, forçadas ou não. No
gol, Marcelo Lomba herda a vaga de Danilo Fernandes. No meio, porém, é onde concentra-se o maior número delas. Na armação, três homens: late-
ral-esquerdo de origem, Uendel fecha a esquerda. Assim, Carlinhos
volta à lateral esquerda. Na meia direita, o Inter terá Nico López,
com D’Alessandro fechando a criação. Brenner, artilheiro da temporada, joga sozinho no ataque.

Um pouco mais atrás, fazendo dupla com Dourado, está o estreante da
noite Edenílson. Novo camisa 8 do Internacional, o volante se destacou nos treinos de ontem dando boas cabeçadas. E o técnico está confiante no seu desempenho.

– Espero do Edenílson tudo aquilo que ele fez nos últimos anos. Jogou muito
bem no Corinthians, foi para a Europa. Na Udinese, quando jogou, sem-
pre manteve uma regularidade, no Genoa também. Não tem altos e baixos. É regular. Tem características diferentes do que já temos – comentou Zago que crê estar sobrando motivação ao elenco - opinou.















E MAIS: