'Não diminui o que foi o Pelé', diz Vampeta sobre ausência de campeões mundiais no velório do Rei do Futebol

Comentarista abordou a polêmica sobre a ausência dos jogadores do tetra e do penta no velório de Pelé (Foto: Reprodução/Jovem Pan)


Pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira em 2002, o ex-volante Vampeta voltou a falar durante o programa "Bate Pronto", da rádio Jovem Pan, nesta terça-feira, sobre a ausência de jogadores campeões mundiais em 94 e 2002 no velório de Pelé, o Rei do Futebol. O comentarista minimizou a polêmica criada em cima da cerimônia.

- Eu duvido que alguém vai questionar porque o Junior não foi, ou Ronaldão, Anderson Polga. Quando vem essa polêmica é em cima de Romário, Ronaldo, Rivaldo, Ronaldinho, Dunga, Cafu, mas a gente não sabe a vida individual de cada um - disse.

Vampeta alegou ainda que a ausência dos craques não diminuiu o que Pelé representou para o futebol.

- Isso também não diminui o que foi o Pelé. O que fez o Pelé gigante? Foi a amizade que ele tinha com qualquer um do penta ou do tetra? Não. Foi o carinho do povo no mundo todo. Mauro Silva estava lá, isso não diminui em nada a presença de jogadores. O cara me liga: 'O senador da República (Romário), o Dunga, o Cafu não foram'. Eu não posso responder por eles, a vida é deles, não sei os compromissos. E com a presença ou não, não diminui em nada a grandeza que foi o Pelé - disse.

+ Adeus ao Rei Pelé: veja imagens do cortejo pelas ruas de Santos

Anteriormente, Vampeta afirmou que os atletas brasileiros somente comparecem a eventos quando são pagos para estarem ali, inclusive Pelé.

- Vou falar a verdade. É um momento triste. Mas os jogadores de futebol aqui no Brasil, principalmente as grandes estrelas, se não pagar, não vão. Você falou da homenagem ao Pelé lá no Qatar. Aqueles caras sentados ali, Lothar Matthäus, Zanetti, todo mundo está recebendo. Se não levar uma moeda, não vão. O próprio Pelé em vida, se não pagasse, não ia - disse.

Durante a Copa do Mundo do Qatar, o ex-jogador Kaká, também campeão mundial em 2002, declarou que o povo brasileiro não sabe valorizar os seus ídolos. Contudo, apenas dois atletas campeões da Copa do Mundo com a Seleção Brasileira (Clodoaldo, campeão em 1970, e Mauro Silva, campeão em 1994) compareceram no velório de Pelé. Durante o programa, os comentaristas também relembraram as falas ditas por Kaká.