'Não imagino uma Copa sem a Espanha', diz Brahim Díaz

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Brahim Diaz acena para a torcida após jogo da Inter de Milão (AFP/MIGUEL MEDINA)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O atacante da seleção espanhola Brahim Díaz garantiu que não imagina "uma Copa do Mundo sem Espanha", em uma semana em que sua equipe enfrenta Grécia e Suécia, dois jogos vitais para conseguir a vaga direta para o Mundial no Catar em 2022.

"Não consigo imaginar uma Copa do Mundo sem a Espanha. Há duas finais chegando e duas que precisam ser vencidas", garantiu Brahim nesta terça-feira em entrevista coletiva após o treino da seleção em Las Rozas, perto de Madri.

A Espanha enfrenta os gregos em Atenas na quinta-feira, e depois encara os suecos em Sevilha, nas duas últimas rodadas do Grupo B das Eliminatórias Europeias, nas quais é absolutamente necessário vencer para não depender de outros resultados.

Os espanhóis estão em segundo lugar na chave, com 13 pontos, dois a menos que a líder Suécia, e quatro a mais que os gregos, que estão em terceiro.

"É preciso vencer sim ou sim", insistiu o atacante do Milan, que admitiu ter conversado com o sueco Zlatan Ibrahimovic, seu companheiro no time italiano, sobre o importante duelo de domingo.

"Quando estamos lá (em Milão) focamos no clube, mas já sabemos como é o Zlatan, sempre deixa passar alguma coisa", disse Brahim com um sorriso.

"Brincadeira, falamos apenas sobre o que pode acontecer e que é um jogo importante para nós e para eles", disse o atacante espanhol, que está feliz por ter sido convocado pela primeira vez pelo técnico Luis Enrique Martínez

“Estar aqui é um sonho que se tornou realidade”, concluiu.

gr/pm/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos