Músico Bira, do "Programa do Jô", morre aos 85 anos

Yahoo Vida e Estilo
Bira no "Programa do Jô". Foto: reprodução/Instagram/portallr1
Bira no "Programa do Jô". Foto: reprodução/Instagram/portallr1

O músico Bira, baixista do programa de Jô Soares, morreu na manhã deste domingo (22), aos 85 anos, em São Paulo. A informação foi confirmada por familiares ao G1.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Segue a gente!

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Ubirajara Penacho dos Reis, conhecido como “Bira do Jô”, havia sido internado na última sexta-feira (20) no Hospital Sancta Maggiore, na Mooca, Zona Leste da cidade, após sofrer um acidente vascular cerebral.

Leia também:

O velório, aberto ao público, ocorre neste domingo, no cemitério do Morumbi, na Zona Oeste de São Paulo, das 17h às 22h, em cerimônia aberta ao público, segundo o jornal “Extra”. De lá, o corpo segue para o Crematório de Vila Alpina.

Jô: “Era o mais tietado”

A risada inconfundível se tornou uma das marcas registradas do baiano, que integrava o famoso Sexteto, ao lado de Tomati (guitarra elétrica), Osmar Barutti (piano), Chiquinho Oliveira (trompete), Derico (saxofone) e Miltinho (bateria). O grupo era uma atração à parte nos programas “Jô Soares Onze e Meia”, no SBT, e “Programa do Jô”, da TV Globo.

O apresentador lembrou da alegria do amigo, em entrevista ao jornal “O Globo”. “Era muito bem informado, lia demais, participava ativamente de todas as entrevistas. Quando fazíamos shows fora do programa com o Sexteto, era sempre o mais querido, o mais tietado. Nessas horas, não há muito mais a ser dito, apenas que ele vai fazer muita falta”, disse Jô.

Nas redes sociais, Bira ganhou homenagens de fãs anônimos e famosos.

O humorista Paulinho Serra lamentou a perda: “Poxa. Esse cara era só carisma, todas as vezes que nos encontrávamos dávamos risadas. Já foi assistir o ‘Deznecessário’ quando ninguém sabia o que era, grande incentivador. Descanse em paz, Bira”.

O apresentador Serginho Groisman também deixou seu tributo ao músico. “Triste. Muito triste com a morte do Bira. A risada solta do programa do Jô. Um ótimo amigo de todos, amava a música e o Corinthians. Essa foto tirei em 2011. Ficam meus sentimentos a família. Fica em paz, Bira”, escreveu.

Bira foi lembrado ainda pela apresentadora Sabrina Sato: “Hoje o nosso querido Bira nos deixou. Sua alegria e a sua risada inconfundível vai deixar muita saudade. Descanse em paz! Meus sentimentos à família”.

A comediante Dadá Coelho compartilhou uma memória em particular ao lado do baixista. “Ah, que triste. Que homem incrível. Nunca esquecerei as gaitadas dele. Quando fui no Jô pela primeira vez, Bira caiu da cadeira numa cascata de gargalhada infinita. No camarim, me perguntou se o cabaré ‘Pau Num Cessa’ existia. Falei que sim e a tabela de saliência, idem”, contou.

Leia também