Murray vence Muller em Monte Carlo na volta às quadras após 5 semanas

Andy Murray em ação no Masters de Monte Carlos. 19/04/2017 REUTERS/Eric Gaillard

PARIS (Reuters) - O tenista número um do mundo, Andy Murray, derrotou o luxemburguês Gilles Muller em parciais de 7-5 e 7-5 e chegou à terceira rodada do Masters de Monte Carlo, nesta quarta-feira, no retornou do britânico às quadras depois de uma ausência de cinco semanas devido a uma lesão.

O tenista de 29 anos, que foi dispensado de jogar na primeira rodada, não disputava partidas competitivas desde que machucou o cotovelo em março.

Murray perdeu o saque duas vezes, mas ainda assim se mostrou superior ao adversário no primeiro torneio europeu de saibro da temporada, que antecede Roland Garros, que este ano acontece entre os dias 28 de maio e 11 de junho.

Vencedor de três Grand Slams, Murray agora enfrentará o 15º cabeça de chave em Monte Carlo, Albert Ramos.

Sexto cabeça de chave, o austríaco Dominic Thiem só perdeu quatro primeiros serviços ao derrotar Robin Haase por 6-3 e 6-2, e enfrentará uma disputa com o belga 10º cabeça de chave, David Goffin.

O quinto cabeça de chave, Marin Cilic, da Croácia, massacrou o francês Jeremy Chardy com um placar de 6-3 e 6-0, e o terceiro cabeça de chave, o suíço Stan Wawrinka, se recuperou de um apagão no segundo set e bateu o tcheco Jiri Vesely em parciais de 6-2, 4-6 e 6-2.

(Por Julien Pretot)