Murray atropela Verdasco e levanta troféu do ATP 500 de Dubai

Andy Murray mostrou porque é o número 1 do mundo. Neste sábado, o britânico precisou de apenas 1h13 de partida para vencer o espanhol Fernando Verdasco por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/2, e conquistar o ATP 500 de Dubai, seu primeiro título na temporada. Além disso, Murray ampliou o retrospecto diante do adversário, chegando a 13ª vitória em 14 jogos contra Verdasco.

Esta foi a segunda vez que tenista escocês atingiu a decisão em Dubai. Em 2012, acabou derrotado por Roger Federer e ficou com o vice-campeonato. Antes da final nos Emirados Árabes Unidos, Murray também decidiu o ATP 250 de Doha, no Catar, porém foi superado pelo sérvio Novak Djokovic.

 

 

Apesar da vitória tranquila, Murray começou a partida abaixo e perdeu seu saque duas vezes nos três primeiros games. O britânico, no entanto, não deixou Verdasco abrir vantagem, devolvendo as quebras. O líder do ranking mundial ainda quebrou o serviço do adversário no oitavo game e sacou na sequência para vencer o primeiro set.

Na segunda parcial, Murray não deu qualquer chance para o rival. Sem ceder oportunidades de quebra, o britânico ainda pressionou o saque de Verdasco e conquistou duas quebras, no terceiro e no sétimo games, para encaminhar vitória e o título com autoridade.