Zagueiro Murilo, ex-Cruzeiro, estreia e já levanta troféu na Rússia

Yahoo Esportes
Jogadores do Lokomotiv comemoram título da Supercopa da Rússia. Foto: Fábio Paine
Jogadores do Lokomotiv comemoram título da Supercopa da Rússia. Foto: Fábio Paine

Por Fábio Paine

A temporada 2019/2020 mal começou na Europa, com os principais times do continente ainda em férias, e na Rússia já teve time que comemorou título. Neste sábado (6), o Lokomotiv levou a taça da Supercopa. Em jogo disputado na VTB Arena, em Moscou, superou o Zenit por 3 a 2.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

A Supercopa foi disputada neste sábado pois já na próxima sexta-feira tem início o Campeonato Russo. A liga, que geralmente começa na última semana de julho ou na primeira de agosto adiantou sua largada pois no próximo ano haverá Eurocopa.

Leia também

O torneio continental começa em 12 de junho e é necessário um tempo de descanso para os atletas e para os treinos. Assim, a liga vai apenas até 17 de maio. Além disso, em dezembro, janeiro e fevereiro não há jogos por causa do frio. Por isso o calendário foi adiantado.

Este adiantamento fez com que o Zenit, por exemplo, não pudesse contar com o colombiano Wilmar Barrios, que até alguns dias atrás estava com a seleção colombiana na Copa América.

O mesmo aconteceria com o Lokomotiv no caso do atacante Jefferson Farfán, atacante do Peru, finalista da Copa América. O jogador porém lesionou o joelho e até cortado foi da competição sul-americana para operar.

Ambos os times também chegaram à partida com cerca de 15 dias de treino. Ainda assim, o jogo começou em ritmo intenso e logo aos seis minutos Smolov já abriu o marcador para o Lomomotiv, atual campeão da Supercopa da Rússia. Pelo time da capital, o zagueiro brasileiro Murilo, recém-chegado do Cruzeiro fez sua estreia e já ergueu uma taça.

O primeiro tempo foi equilibrado mesmo após o gol rápido do Lokomotiv, e no último minuto antes do intervalo Sardar Azmoun aproveitou uma bola que sobrou dentro da área e deixou tudo igual para o campeão russo.

E na volta do intervalo, uma vez mais Azmoun brilhou. Em bela jogada individual logo no sétimo minuto fez 2 a a 1 para o Zenit.

O ritmo seguiu muito intenso para o primeiro jogo de uma temporada.

O Lokomotiv não abriu mão de seu estilo de jogo e contou com um Aleksey Miranchuk inspiradíssimo para virar o placar, em menos de três minutos. Anotou seu primeiro aos 32 e o segundo aos 35.

Depois disso, o Zenit precisou se lançar ao ataque e o time moscovita passou a se aproveitar dos contra-ataques. Mas o jogo terminou mesmo em 3 a 2.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes

Leia também