Muricy sonha com Miranda no São Paulo e fala sobre volta de Cueva: 'É brincadeira, nem pensar'


"O Cueva nem pensar. O Cueva está fora, o Cueva é brincadeira. Os caras se apresentam e ele chega depois, toda hora. Custou caro para caramba". A frase destaca é do ex-treinador Muricy Ramalho, ídolo do São Paulo, que criticou o retorno do meia peruano ao time tricolor. Em participação no podcast "GE São Paulo", Muricy não guardou para si as críticas ao meia e opinou qual atleta deveria voltar ao Morumbi.

Muricy avalia como uma contratação de Cuesta como "errada". O comentarista do "SporTV" ainda criticou o histórico de polêmicas envolvendo o astro da Seleção peruana.

- O Cueva veio aqui, jogou alguns joguinhos e na hora que tinha que se apresentar não se apresentou... Isso queima a imagem do time, vão falar que o treinador não tem comando. O custo benefício dele é muito ruim. No Santos deu problema, foi para o México e deu problema. Ele não para em nenhum lugar. E o São Paulo vai pegar de volta? Vai me desculpar, cara, não tem condições. O São Paulo não precisa de Cueva agora, não - disse ele, que completou:

- Ele já teve a chance dele e não aproveitou. Mostrou muito pouco profissionalismo, muito pouco comprometimento. Infelizmente no São Paulo não dá, não. Essa é a minha opinião, né. Porque tem lá o treinador, a diretoria.

Outro nome mencionado por Muricy é o do zagueiro Mirando, ex-tricolor, Atlético de Madrid e Seleção. Com sondagens para deixar o Jiangsu Suning, do futebol chinês, Miranda seria o reforço ideal ao clube, segundo o ex-treinador.







Miranda - São Paulo (Foto: Cleber Mendes/Lancepress)
Miranda - São Paulo (Foto: Cleber Mendes/Lancepress)
Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Miranda pelo São Paulo (Foto: Cleber Mendes/Lancepress)


- O Miranda é excepcional, continua sendo um bom jogador. Jogador que nunca sujou o calção. Miranda eu não sei quantos anos de carreira nunca deu um carrinho na vida. Miranda é brincadeira o que ele joga. E o profissional que ele é: foi um dos melhores profissionais com quem trabalhei. Para grupo e para tudo.

Os dois estiveram juntos no Morumbi entre 2006 e 2009. Aos 35 anos, Miranda já conquistou três campeonatos nacionais com o São Paulo - em 2006, 2007 e 2008. A volta dele ao futebol paulista ainda está sendo estudada pelos dirigentes do clube. O salário atual do defensor preocupa Muricy, que enxerga como uma pedra no caminho do acerto.



Leia também