Muricy admite acordo para atuar como consultor do São Paulo

Muricy Ramalho pode começar a ajudar o Tricolor a partir da próxima semana (Gazeta Press)

Nome preferido dos torcedores e dos conselheiros, Muricy Ramalho deve ser anunciado nas próximas horas como novo consultor do São Paulo. E o próprio ídolo tricolor admite o acordo entre as partes. Em entrevista exclusiva, ele explica por que não aceitou o convite para ser coordenador de futebol e avalia como pode contribuir para tirar o Tricolor da zona de rebaixamento no Brasileirão.

BLOG: Como estão sendo as conversas com o São Paulo?
MURICY RAMALHO: Falei com o Vinícius Pinotti (diretor-executivo de futebol) que não posso assumir nenhum cargo que tenha rotina, como funcionário do São Paulo. Tenho contrato com o Sportv e, como sempre, vou cumprir meus contratos.

Mas isso quer dizer que você não será coordenador de futebol?
Sim. Até porque o São Paulo não precisa de um coordenador agora. Isso faz parte do planejamento, que já foi todo feito. Um cargo como esse seria bom no começo do ano que vem.

E como vai funcionar sua ajuda?
Estamos acertando para que eu possa ajudar quando o São Paulo tiver alguma dúvida. Isso eu também fazia lá atrás com o Juvenal (Juvêncio, presidente por três mandatos seguidos, de 2006 a 2014).

De que maneira?
Pode ser de várias maneiras. Eu posso falar sobre os jogadores, posso conversar com o grupo… tem várias coisas do futebol que conseguiria ajudar. Vou contribuir da maneira que puder, dando uma opinião aqui, falando com outra pessoa ali.

Já começa no São Paulo nesta semana?
Não sei, porque já marquei várias palestras para os próximos dias.

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: